Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rio Grande do Sul
RS recebe novas doses de vacinas contra a gripe para intensificar imunização de idosos, gestantes e crianças
O novo lote será usado para intensificar, preferencialmente, a imunização de idosos, gestantes e crianças, grupos considerados mais vulneráveis para o agravamento da doença.
Assessoria Gov/RS
por  Assessoria Gov/RS
14/07/2021 21:41 – atualizado há 59 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Uma remessa com cerca de 600 mil doses de vacinas contra gripe/influenza chegou, nesta quarta-feira (14), no Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre. O novo lote será usado para intensificar, preferencialmente, a imunização de idosos, gestantes e crianças, grupos considerados mais vulneráveis para o agravamento da doença, com risco de complicações, internações e óbitos.

Vacinas contra a gripe/influenza chegaram a Porto Alegre nesta quarta-feira (14/7) - Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

A diretora do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Cynthia Molina Bastos, diz que é muito importante a vacinação contra a influenza durante a pandemia de coronavírus. “É necessário garantir menos vírus circulando entre as pessoas e isto é possível com a imunização, tanto contra a Covid-19 como contra a gripe”, afirma.

É preciso que os grupos prioritários continuem recebendo as doses que chegaram para dar continuidade à vacinação contra a gripe, porque a cobertura vacinal ainda não alcançou a meta de 90% prevista pelo Plano Nacional de Imunizações (PNI)”, informa a Chefe da Divisão de Epidemiologia do Cevs, Tani Ranieri.

Remessas já foram separadas para as coordenadorias regionais de saúde - Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

As doses começam a ser entregues para as 18 coordenadorias regionais de saúde (CRS) nesta quinta-feira (15/7). Esse lote faz parte de um total de 1.180.000 que ainda faltava o Ministério da Saúde enviar para o Estado poder cumprir as etapas da campanha de vacinação contra a influenza. Depois do carregamento de hoje deverá chegar, na próxima semana, o último lote desta campanha, com 580 mil doses de vacinas.

VACINAÇÃO NOS PÚBLICOS PREFERENCIAIS

  • Idosos (pessoas com mais de 60 anos)

População estimada: 2.143.707

Doses aplicadas: 1.460.398

Cobertura vacinal: 68,1 %

  • Gestantes e puérperas

População estimada: 117.541 mulheres

Doses aplicadas: 60.065 em gestantes e 10.480 em puérperas

Cobertura vacinal: 59,5% em gestantes e 63,2% em puérperas

  • Crianças

População estimada: 765.827

Doses aplicadas: 537.332

Cobertura vacinal: 63,5%

A campanha de vacinação contra a gripe de 2021 começou em 12 de abril, com a previsão de imunizar 5.013.082 pessoas no RS, incluindo os seguintes grupos:

  • Crianças acima dos 6 meses e menores de 6 anos: 765.827
  • Gestantes e puérperas: 117.541
  • Trabalhadores da saúde: 361.210
  • Povos indígenas: 30.347
  • Pessoas acima de 60 anos: 2.143.707
  • Professores: 141.254
  • Pessoas com comorbidades: 777.224
  • Pessoas com deficiência permanente: 399.436
  • Caminhoneiros: 111.289
  • Trabalhadores de transporte coletivo: 42.831
  • Trabalhadores portuários: 4.051
  • Forças de segurança e salvamento: 31.489
  • Forças Armadas: 38.899
  • Funcionários do sistema prisional: 4.881
  • População privada de liberdade: 40.099

Vacinação Covid e gripe

É preciso manter um intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas da gripe e da Covid-19, independentemente da ordem de qual foi a primeira.

A orientação visa dar maior segurança para que, qualquer evento adverso pós-vacinação que possa surgir de uma não seja confundido com o outro imunizante.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...