Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rio Grande do Sul
CBMRS e entidades de engenharia avaliam estruturas em prédio da SSP para avançar nas buscas
Foi realizado um novo levantamento do prédio com imagens de drone para identificar os pontos de maior fragilidade e a necessidade de escoramento de estruturas de concreto.
Governo RS
por  Governo RS
17/07/2021 12:50 – atualizado há 1 mês
Continua depois da publicidadePublicidade

Para dar continuidade e avançar etapas nas ações de busca pelos dois bombeiros militares desaparecidos após o incêndio no prédio da Secretaria da Segurança Pública (SSP), integrantes do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS) se reuniram na manhã deste sábado (17/7) com um grupo de engenheiros de entidades públicas e privadas.

O tenente-coronel Eduardo Estevam Rodrigues, comandante do 1° Batalhão de Bombeiros Militar de Porto Alegre e que está coordenando os trabalhos de busca no terreno, apresentou aos profissionais as ações de combate ao fogo e de busca e resgate realizadas até o momento – atividade que permanece 24 horas em andamento.

PrédioSSP 17JUL foto6
No terreno da SSP, tenente-coronel Estevam orienta as equipes de busca e resgate - Foto: Divulgação SSP

Os engenheiros também foram apresentados às equipes de operação e fizeram um reconhecimento da área de escombros no prédio. A partir de agora, os trabalhos terão sequência de forma contínua com avaliações estruturais a cada passo para avançar na remoção de material do perímetro delimitado pela indicação das equipes de binômios (quatro duplas de bombeiro militar e cão de resgate). Foi realizado um novo levantamento do prédio com imagens de drone para identificar os pontos de maior fragilidade e a necessidade de escoramento de estruturas de concreto.

Além de engenheiros peritos do Instituto-Geral de Perícias (IGP) e de servidores da Secretaria de Obras e Habitação do Estado (SOP), participam profissionais do Laboratório de Ensaios e Modelos Estruturais (Leme) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul (Crea-RS), do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (Ibape), da Defesa Civil Municipal e do curso de Engenharia da Unisinos. Também estão presentes profissionais da iniciativa privada com reconhecida experiência e conhecimento do trabalho em estruturas colapsadas.

PrédioSSP 17JUL foto10
Bombeiros que assumiram os trabalhos no início da manhã deste sábado reforçaram compromisso de encontrar colegas desaparecidos - Foto: Divulgação SSP

A Defesa Civil Estadual providenciou a instalação de barracas para servir de base ao trabalho dos engenheiros no pátio da SSP. Também permanece a ação integrada de apoio, empenhado desde o momento do incêndio, por parte da Secretaria da Segurança Municipal, da Defesa Civil Municipal, da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) de Porto Alegre e da Brigada Militar, para garantir a segurança no perímetro das operações.

Antes do início da reunião, o tenente-coronel Estevam reuniu o efetivo do CBMRS presente no terreno para reforçar as orientações de trabalho e o espírito de total entrega na missão de busca. Em formação, os bombeiros militares prestaram continência e uma salva de palmas em respeito à bravura primeiro-tenente Deroci de Almeida da Costa e do segundo-sargento Lúcio de Ubirajara Munhos, reforçando o compromisso de permanecer nas buscas até localizá-los.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...