Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Corpo de Bombeiros chega ao "núcleo" de prédio incendiado da Secretaria da Segurança Pública
Segundo o comandante do 1º BBM de Porto Alegre, local terá uma atenção maior para localizar os dois bombeiros desaparecidos.
Correio do Povo
por  Correio do Povo
21/07/2021 13:46 – atualizado há 29 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Os bombeiros militares trabalharam na terça-feira e na madrugada desta quarta-feira para liberar o chamado "núcleo" do prédio da Secretaria de Segurança Pública, na rua Voluntários da Pátria. O tenente-coronel Eduardo Estevam Rodrigues, comandante do 1º BBM de Porto Alegre, disse que todas as equipes de busca e resgate e os cães farejadores estão concentrados nessa área de oito pavimentos. "Esse local terá uma atenção maior das equipes para que possamos localizar os nossos dois bombeiros militares desaparecidos", ressaltou Rodrigues.

Bombeiros militares trabalharam na terça-feira e na madrugada de quarta-feira para liberar o chamado "núcleo" do prédio da Secretaria de Segurança Pública | Foto: Alina Souza

Na manhã de quarta-feira, havia uma grande movimentação de caminhões do Corpo de Bombeiros Militar e de quatro retroescavadeiras que estavam sendo utilizadas para a remoção de escombros e liberação dos acessos à área da estrutura. Sobre as buscas no prédio do "QG da Segurança Pública", havia ontem 94 pessoas no terreno entre bombeiros militares e técnicos.

Rodrigo Ziebell/SSP

O incêndio na sede da secretaria começou na noite do dia 14 de julho e se estendeu pela madrugada do dia 15. Até o momento, não foi possível identificar as causas do incêndio. Dois bombeiros militares, o 2º sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós, 51 anos, e ao 1ºtenente Deroci de Almeida da Costa, 46 anos, que atuavam no local estão desaparecidos.

O tenente Almeida atuava como o oficial de serviço. Ele era o responsável por despachar viaturas para o combate ao incêndio em Porto Alegre. O bombeiro militar está na corporação desde dezembro de 1998. Já o sargento Munhós está na corporação desde 1990 e, atualmente, trabalha na Divisão de Logística e Patrimônio do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, junto ao Comando-Geral da corporação.

Na manhã de quarta-feira, a movimentação na sede da Secretaria da Segurança Pública ficou por conta das viaturas da Corpo de Bombeiros Militar, Brigada Militar e do Instituto geral de Perícias (IGP). A rua Voluntários da Pátria segue bloqueada ao trânsito de veículos no trecho compreendido entre as ruas Santo Antônio e Ramiro Barcelos


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...