Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Cidade
Erechim: Recadastramento da Inscrição Municipal deve ser feito até 30 de novembro
O processo de recadastramento é realizado a cada cinco anos.
Ascom
por  Ascom
03/09/2021 16:36 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

A Secretaria da Fazenda informa que os contribuintes têm até o dia 30 de novembro para realizar o recadastramento da Inscrição Municipal. A atualização é obrigatória para pessoas física e jurídicas, de direito público ou privado, que desenvolvam atividades de comércio, indústria, prestação de serviços em geral, autônomos e sociedades ou associações civis, instituições, fundações e autarquias que possuem a Inscrição Municipal, conforme Decreto Nº 5.305/2021.

Conforme a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, atualmente são 14.662 Inscrições Municipais ativas. O processo de recadastramento é realizado a cada cinco anos.

O processo pode ser feito através do site www.pmerechim.rs.gov.br, na aba ‘Serviços Online’, e depois em ‘Recadastramento’. Os contribuintes que possuem contador ou senha liberada para os serviços disponíveis no portal, deverão usar a mesma para informar os dados através do preenchimento do formulário do recadastramento. Já quem não possui senha, deve informar um e-mail válido ativo no cadastro, para envio da senha, com qual vai acessar o ambiente do recadastramento.

As pessoas autônomas ou Microempreendedores Individuais (MEI), que não possuem acesso a internet, podem realizar o recadastramento na Secretaria da Fazenda, na Av. XV de Novembro, 175 de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30.

Conforme o secretário da Fazenda, Valdemar Loch, o processo é bastante simples e rápido. “Hoje é muito difícil alguém que não tenha acesso a um computador e a internet, por isso, temos essa facilidade no recadastramento através do site. Mesmo assim, também estamos aqui prontos para auxiliar as pessoas que necessitem de ajuda”, explica.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...