Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Saúde
Brasil tem a menor média de mortes por covid-19 desde outubro de 2020
Média móvel de novos casos é de 16.970, a menor desde novembro.
CP
por  CP
10/09/2021 18:54 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

O Brasil registrou nesta sexta-feira 672 mortes e 15.951 novos casos diagnosticados de Covid-19, de acordo com os dados enviados pelos estados ao Ministério da Saúde e ao Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). A média móvel de óbitos nos últimos 7 dias é de 454, a menor desde outubro, e a média móvel de novos casos é de 16.970, a menor desde novembro.

O país contabiliza 585.846 óbitos e 20.974.850 pessoas que já foram diagnosticadas com a doença. São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Paraná são os estados com o maior número de óbitos, respectivamente. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 20 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid-19 no país.

Segundo o Conass, a taxa de letalidade do coronavírus no Brasil é de 2,8% e a taxa de mortalidade por cada 100 mil habitantes é de 278,8.

Até o momento mais de 137 milhões de pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19 no país, o que corresponde a 64,7% da população, sendo que mais de 71,1 milhões já receberam a segunda dose ou uma vacina de dose única e estão completamente imunizadas.

RS confirma mais 25 mortes por coronavírus

O Rio Grande do Sul confirmou nesta sexta-feira mais 25 mortes por coronavírus. Com a atualização, divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), o Estado alcançou 34.425 óbitos em decorrência da doença. A mortalidade do vírus em território gaúcho é de 302,6 para cada 100 mil habitantes e a letalidade é de 2,4%.

Além dos óbitos, a SES também reportou mais 3.562 novos casos, de um total de 1.419.918 contaminados desde o início da pandemia. Destes, 97% se recuperaram e 0,35% das pessoas que contraíram a doença segue com acompanhamento médico.

A ocupação dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) permanece em estabilidade, com taxa de 56,1%. No entanto, quatro – de um total de 21 – regiões Covid seguem sem leitos de alta complexidade nesta tarde. A situação atinge as áreas de Canoas, Passo Fundo, Pelotas e Lajeado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...