Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Jackson Arpini leva demandas de saúde pública para debate na Capital do Estado
Em pauta, diversos assuntos relacionados aos serviços de Média e Alta Complexidade (MAC), ofertados pelo hospital de caráter local, regional, macrorregional e estadual para o Sistema Único de Saúde (SUS).
Ascom Prefeitura de Erechim
por  Ascom Prefeitura de Erechim
28/09/2021 13:58 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

Nesta terça-feira (28), o diretor Executivo da Fundação Hospitalar Santa Terezinha (FHSTE), Jackson Arpini, esteve cumprindo uma série de encontros de trabalho na Capital do Estado. Entre as agendas, o diretor Executivo esteve reunido, no Departamento de Gestão da Atenção Especializada (DGAE), da Secretaria Estadual de Saúde (SES), com a diretora Lisiane Fagundes.

Em pauta, diversos assuntos relacionados aos serviços de Média e Alta Complexidade (MAC), ofertados pelo hospital de caráter local, regional, macrorregional e estadual para o Sistema Único de Saúde (SUS).

Na oportunidade, o diretor reiterou o pedido de uma iniciativa estadual, em parceria com os hospitais/SUS, para minimizar os números represados nas cirurgias eletivas, que se originaram, na grande maioria, em virtude do cenário e dos momentos de agravamento da pandemia da Covid-19.

Arpini apresentou o quantitativo represado de procedimentos e suas respectivas áreas, sendo que as áreas que mais possuem demandas hospitalares são a Traumatologia e Cirurgia Geral. Na ocasião, a diretora do DGAE manifestou que iniciativas estão em análise nessa direção e, que em breve a SES deverá anunciar.

Durante a reunião, também esteve em pauta a possibilidade de habilitação de novos serviços ao hospital, em decorrência do lançamento do programa de repasses estaduais Assitir, como Incentivo a Gestação de Alto Risco (Incentivo GAR), egressos de UTI Neonatal e saúde prisional, entre outros.

No encontro também foi entregue toda a documentação e o Plano de Trabalho referente aos R$ 3,5 milhões que serão repassados pelo Estado para aquisição de equipamentos para o novo complexo de UTI, que ampliará a capacidade de atendimento de 20 para 40 leitos.

Para Arpini, o encontro foi muito produtivo, oportunidade em que alinharam ações em conjunto, nos vários assuntos abordados. "Estamos encurtando distâncias, apresentando demandas e aproximando os entes, o que é salutar para o sistema público de saúde”, disse o diretor Executivo do Santa Terezinha.

Outras agendas

O diretor Executivo da FHSTE também manteve contato com o Gabinete de Crise, referente a dados e orientações sobre os protocolos sanitários em decorrência do momento positivo de combate à pandemia do coronavírus.

Ainda, na segunda-feira (27), Arpini manteve audiência com a secretária Estadual de Saúde, Arita Bergmann, oportunidade em que convidou a titular da pasta para visitar o hospital, além de debaterem sobre a demanda atual do serviço público de saúde, que são as cirurgias eletivas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...