Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Quatro pessoas morrem durante tempestade de poeira no interior de São Paulo
Fenômeno deixou também cidades paulistas sem energia e em estado de emergência
AE - Agência Estado
por  AE - Agência Estado
02/10/2021 19:25 – atualizado há 12 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Ao menos quatro pessoas morreram e seis ficaram feridas durante as tempestades de poeira que atingiram o interior de São Paulo nessa sexta-feira. Um homem morreu em Tupã, após ser atingido por um muro que caiu com a força do vento. Outras três pessoas morreram ao serem envolvidas pela nuvem de fumaça e fogo que se levantou quando o temporal atingiu um pasto em chamas, em Santo Antônio do Aracanguá, perto de Araçatuba. As informações foram publicadas pelo jornal O Estado de S.Paulo.

A segunda tempestade de poeira em uma semana – o fenômeno já havia castigado o interior no último domingo – deixou também cidades paulistas sem energia e em estado de emergência. Em Tupã, a tempestade de poeira chegou com rajadas de vento que derrubaram um muro de uma obra no bairro Reserva Tupã. O trabalhador Fábio Alex Marques Castro, de 42 anos, atingido pelos escombros, chegou a ser levado com ferimentos graves para a Santa Casa da cidade, ele não resistiu. Ele teve o corpo velado e sepultado, neste sábado, no Cemitério da Saudade.

Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as rajadas que levantaram nuvens densas de poeira em várias regiões do interior atingiram mais de 80 quilômetros por hora. A tempestade de areia, conhecida como “haboob”, é causada por temporais de chuva com ventos fortes que, ao entrarem em contato com o solo muito seco, varrem resquícios de queimada, poeira e vegetação. Isso acaba criando um “rolo compressor” de sujeira que pode chegar a até 10 quilômetros de altura.

Em Santo Antônio de Aracanguá, funcionários de uma usina e de uma fazenda combatiam uma queimada com tratores e caminhões-pipa quando uma forte ventania atingiu a propriedade, levantando uma nuvem de poeira, fumaça e fogo. Parte das equipes não teve tempo de se abrigar, sendo envolvida pela tempestade. Três pessoas – dois funcionários de uma usina e um dos proprietários da fazenda – morreram.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...