Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Unidades do IGP de Santa Catarina recebem viaturas e 434 novos computadores
Os computadores vão garantir a renovação completa das estações de trabalho das 30 unidades do IGP no estado.
Secom/GovSC
por  Secom/GovSC
25/10/2021 21:39 – atualizado há 15 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

O Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGP) entregou na manhã desta segunda-feira (25) no auditório da Secretaria de Segurança Pública, nove viaturas e 19 computadores adquiridos por emendas parlamentares federais, e outros 415 computadores comprados com recursos próprios. Os novos veículos serão utilizados no trabalho pericial nas regiões de Grande Florianópolis, Planalto Serrano, Meio-Oeste, Sul e Extremo Sul. Os computadores vão garantir a renovação completa das estações de trabalho das 30 unidades do IGP no estado.

Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O perito-geral Giovani Eduardo Adriano externou sua satisfação com o bom momento que vive o IGP, embalado pelas ações transformadoras do Governo do Estado. Na presença dos deputados Hélio Costa e Coronel Armando, e do deputado estadual Sergio Motta, agradeceu às bancadas federal e estadual pelo apoio dedicado ao IGP e à Segurança Pública de maneira geral, por meio de emendas parlamentares.

“De 2019 pra cá ampliamos nosso quadro funcional e conquistamos nossa autonomia financeira, a partir da criação do Fundo de Melhoria da Perícia Oficial (Fumpof). Esse tratamento diferenciado que estamos recebendo do governo Carlos Moisés nos permite hoje estar aqui para anunciar a renovação dos computadores de todas as unidades do IGP, comprados de forma inédita com recursos da própria Instituição. Temos um quadro de servidores de excelente qualidade e essa valorização é mais que merecida”, disse.

Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

Os valores de emendas parlamentares usados na compra dos equipamentos foram repassados pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). Foram investidos R$ 943.820,00, sendo R$ R$ 905.752,40 de emendas parlamentares de deputados federais, e R$38.067,60 em recursos do Fumpof, como contrapartida do Governo do Estado.

Os veículos são camionetas SUV da marca Hyundai Creta, provenientes de emendas parlamentares dos deputados federais Hélio Costa, Daniel Freitas e coronel Armando, totalizando R$ 859.500,00. As viaturas serão usadas para deslocamento das equipes no trabalho de campo. Os 19 computadores comprados com recursos da Senasp serão alocados nas unidades de Lages e Campos Novos. O investimento total foi de R$ 84,320,00, repassado por emendas dos deputados federais coronel Armando e Carmen Zanotto.

Como serão disponibilizados os bens:

Modernização com recursos do SC Mais Segura

Pela primeira vez na história, o Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina fará a modernização completa das estações de trabalho em suas 30 unidades. Também de forma inédita, o órgão adquiriu os 415 computadores com recursos próprios, totalizando R$ 1.750.885,00.

Os equipamentos possuem configurações diferenciadas que garantem a capacidade necessária para rodar programas utilizados no trabalho de identificação e nas diversas frentes de ação que envolvem os setores de perícia criminal, análises forenses e da medicina legal.

Giovani Adriano destaca que o valor investido tem origem no SC Mais Segura, programa lançado pelo governador Carlos Moisés, que nos próximos dois anos vai investir R$ 343 milhões na Segurança Pública, o maior volume já destinado ao setor em Santa Catarina. “Não é por acaso que hoje o estado de Santa Catarina tem a melhor Segurança Pública do Brasil”, disse.

O perito-geral anunciou também que nos próximos dias a PEC que busca transformar o órgão pericial em polícia científica deve ser encaminhada à Assembleia Legislativa, outra reivindicação histórica da classe. E comunicou aos presentes sobre o lançamento do novo documento de identidade com número único para RG e CPF, que será no próximo dia 3 de novembro. “O governador Carlos Moisés foi um dos maiores entusiastas desse projeto, que certamente dará início a um novo capítulo na história da identificação civil nacional”, conclui.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...