Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Saúde
Pfizer pede autorização da Anvisa para vacinar crianças de 5 a 11 anos contra o coronavírus
A partir de agora, a agência brasileira tem 30 dias para avaliar a possível aplicação na faixa etária.
O Sul
por  O Sul
12/11/2021 21:58 – atualizado há 53 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

A farmacêutica Pfizer entrou nesta sexta-feira (12) com o pedido de autorização na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para que a vacina contra a Covid-19 possa ser aplicada em crianças com idades entre 5 e 11 anos.

“De acordo com o pedido da Pfizer, a dosagem da vacina para a faixa etária será ajustada e menor que aquela utilizada por maiores de 12 anos. Dessa forma, a proposta é ter frascos diferentes, com dosagem específica para cada grupo (maiores ou menores de 12 anos). Segundo a empresa, os frascos serão diferenciados pela cor”, informou a Anvisa em nota.

Reuters/Direitos Reservados

A partir de agora, a reguladora brasileira irá fazer uma análise técnica sobre o assunto e terá o prazo de 30 dias para a avaliação do pedido. A vacina da Pfizer está registrada no Brasil desde 23 de fevereiro deste ano para pessoas com mais de 16 anos e, para a faixa etária de 12 a 15 anos, desde 11 de junho.

“No caso de vacinas para o público infantil, alguns dos principais pontos de atenção da Anvisa se referem aos dados de segurança e eventos adversos identificados, ajuste de dosagem da vacina, fatores específicos dos organismos das crianças em fase de desenvolvimento, entre outros”, completou a nota.

Aprovada nos EUA

A farmacêutica já havia informado que entraria com o pedido para a aplicação em crianças no decorrer de novembro, mas sem informar uma data específica. Além disso, na terça-feira (02), o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês), órgão de saúde dos Estados Unidos, aprovou a aplicação da vacina da Pfizer contra a Covid-19 na mesma faixa etária.

“O CDC agora expande a recomendação de vacinação para cerca de 28 milhões de crianças nesta faixa etária nos Estados Unidos e permite que os distribuidores comecem a vaciná-las o mais rápido possível”, disse o documento, divulgado no site do órgão de saúde.

A decisão para os americanos ocorreu após a autorização da agência reguladora dos Estados Unidos (FDA, sigla em inglês). Exceto por uma abstenção, os especialistas votaram de forma unânime, apontando que os benefícios da prevenção contra a Covid-19 superam eventuais riscos associados à vacinação nesta faixa etária.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...