Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Foto: Patrick Fallon / AFP / CP
Rio Grande do Sul
RS: Mais de 1,6 milhão de pessoas estão aptas à dose de reforço contra Covid-19 com intervalo de 5 meses
De acordo com a Pasta, todos os brasileiros adultos que tenham tomado a segunda dose há cinco meses ou mais poderão receber a terceira.
Rádio Guaíba
por  Rádio Guaíba
16/11/2021 20:46 – atualizado há 59 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Cerca de 1,65 milhão de gaúchos de mais de 18 anos já podem receber a dose de reforço contra a Covid-19 caso haja doses suficientes para implementar o plano apresentado, na manhã desta terça-feira, pelo Ministério da Saúde (MS). De acordo com a Pasta, todos os brasileiros adultos que tenham tomado a segunda dose há cinco meses ou mais poderão receber a terceira. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que aguarda uma nota oficial de orientação. Por enquanto, só há doses para vacinar idosos acima de 60 e trabalhadores de saúde que tenham tomado a segunda dose cinco meses atrás.

“Sobre as medidas anunciadas pelo MS, aguardamos a nota orientadora oficial, bem como as doses necessárias para atender a proposta, para planejarmos, junto com os municípios, os próximos passos e ações da campanha de vacinação no RS”, divulgou a SES, na tarde desta terça.

Em nota técnica também divulgada nesta terça-feira, o governo estadual reafirmou a dose de reforço para trabalhadores da saúde e idosos acima de 60 anos, grupos já contemplados no Rio Grande do Sul. De acordo com o documento, essa aplicação pode ser feita com intervalo de cinco meses com imunizantes Coronavac, Astrazeneca e Pfizer, sendo essa última a recomendação preferencial do Ministério da Saúde. A Coronavac, entretanto, não é elencada na orientação do governo federal, que adicionou a Janssen à lista de intercambialidade.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...