Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Divulgação
Agro
Safra de inverno tem maior produção da história no RS
Grãos de inverno em 2021 tiveram desempenho 55% superior ao ano passado.
Emater/Rs
por  Emater/Rs
21/12/2021 06:41 – atualizado há 7 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Foram produzidas um total de 4.406.971 de toneladas de grãos na safra de inverno de 2021 no Rio Grande do Sul. O resultado é o maior da história do Estado para essa época e 55,15% superior ao produzido no ano passado, quando se colheu 2,84 milhões de toneladas. O valor foi divulgado pela Emater-RS na manhã desta segunda-feira (20).

A safra de inverno deste ano foi plantada após uma colheita de verão com faturamento recorde para os produtores gaúchos. A boa rentabilidade permitiu com que os agricultores do Estado investissem mais nas lavouras avançando também em cobertura de solo. A área plantada no inverno subiu 18,22%, atingindo quase 1,6 milhão de hectares.

“O produtor teve rentabilidade tanto na safra de verão, quanto na última safra de inverno, e visualizou nas culturas de inverno possibilidade de ampliar a aplicação de recursos na sua propriedade neste ano, abriu espaço para exercer a atividade de forma muito profissional”, apontou o diretor técnico da Emater, Alencar Rugeri.

“Temos muita área a ser implantada no inverno, e percebemos que o nosso produtor tem trabalhado para ampliar cada vez mais essa área e ter na gestão, no sistema de produção, a segurança de que a atividade agrícola de inverno tenha essa possibilidade de desenvolvimento econômico”, continuou ele. Mas advertiu: “Precisamos ter cuidado na gestão, pois hoje temos custos muito mais elevados”, disse Rugeri.

O crescimento foi puxado pelo principal cereal de inverno e uma das quatro principais culturas agrícolas do Rio Grande do Sul: o trigo. A produção deste grão aumentou 61,88% entre as safras 2020 e 2021, atingindo-se 3,4 milhões de toneladas de trigo, ante as 2,1 milhões do ano passado - a maior produção nos últimos 10 anos. A área plantada também teve forte avanço, em 23,45%, batendo o recorde de 1,17 milhões de hectares plantados. Também houve ganho na produtividade - o agricultor gaúcho foi capaz de colher 2.893 quilos de trigo por hectare nesta safra, variação positiva de 30%.

A região de Caxias do Sul, especialmente, atingiu uma excelente produtividade. Os agricultores caxienses conseguiram colher quase 4 mil toneladas (3.947) por hectare. As maiores produções foram nas regiões das cidades de Ijuí (834.148 t) e Santa Rosa (692.377 t).

Todos os cereais de inverno tiveram ótimo ganho de produção na safra deste ano. Na canola, esse crescimento foi de 58,32% com as 53,5 mil toneladas de grãos colhidas em 2021, em comparação às 33,8 mil no ano passado. A produtividade avançou 45,89% - foram 1,4 mil kg/ha. A área plantada aumentou 8,53%, cobrindo 37.684 hectares.

“A estimativa nos alegra”, comemorou a secretária de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Silvana Covatti (PP). “Tem um significado muito importante. A gente aumentou a área, a produtividade e tivemos recorde na produção. Isso é resultado do trabalho dos nossos produtores rurais. Ganharam os produtores e ganhou o Estado do Rio Grande do Sul”, afirmou a secretária.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...