Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Hospital realiza mais um mutirão organizacional “Somos Todos Santa”
Quarto mutirão organizacional na Fundação Hospitalar Santa Terezinha (FHSTE) foi realizado nesta terça-feira (21).
Ascom Prefeitura de Erechim
por  Ascom Prefeitura de Erechim
22/12/2021 15:40 – atualizado há 28 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Nesta terça-feira (21) foi realizado o quarto mutirão organizacional na Fundação Hospitalar Santa Terezinha (FHSTE), que tem como propósito organizar os ambientes de trabalho no sentido de qualificar as ações e serviços de saúde do hospital.

A ação é voluntária e realizada por integrantes do corpo gerencial da Casa de Saúde, e já ocorreu em três oportunidades, onde foram trabalhadas as áreas das Internações, Pronto Atendimento, Radioterapia e Arquivo II.

A iniciativa, que prevê visitas in loco ambiente por ambiente, permite observar os fluxos, sinalização visual e possíveis ajustes internos na estrutura física, que possam oportunizar uma melhoria nas ações e serviços ofertados aos usuários do hospital.

Na tarde de ontem foi trabalhado o espaço correspondente a futura “Área do Conhecimento”, que vai contemplar os espaços da Residência Médica e o Internato Acadêmico, dos alunos do Curso de Medicina, da URI Campus de Erechim, que a partir do próximo ano começam a atuar no ambiente hospitalar de forma definitiva.

A espaço contempla cinco áreas físicas que estão sendo estruturadas, sendo a COREME, Internato, Plantão dos Residentes, Sala de Estudo e Ambiente de Estudos de Casos, para suprir a demanda da FHSTE.

“A metodologia adotada são ações quinzenais, para que no período de tempo sejam adotadas as medidas alvo de apontamento”, pontuam os diretores Jackson Arpini e Márcio Pires.

O projeto “Somos todos Santa” visa avaliar todas as portas de entrada do hospital de referência local, regional, macrorregional e estadual para o Sistema Único de Saúde (SUS), em número de sete, para posteriormente avaliar espaços internos, sempre primando pela qualificação dos serviços ofertados pelo Santa.

“Avançamos na área do conhecimento tendo em vista que precisamos estar com as estruturas físicas, mobiliários e equipamentos prontas para acolher os alunos em 2022. O olhar apurado da equipe com os colaboradores do setor tem oportunizado mudanças significativas da parte organizacional, o que vem ao encontro de qualificar os serviços da atenção terciária”, coloca Arpini.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...