Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Clement Mahoudeau /AFP/CP
Santa Catarina
SC confirma transmissão comunitária da variante Ômicron do coronavírus
Isso significa que não é mais possível identificar a origem das infecções registradas no Estado.
NSCTotal
por  NSCTotal
30/12/2021 22:33 – atualizado há 10 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Santa Catarina confirmou a transmissão comunitária da variante Ômicron do coronavírus. Isso significa que não é mais possível identificar a origem das infecções registradas no Estado . O anúncio foi feito nesta quinta-feira (30) pela Superintendência de Vigilância em Saúde.

Os casos foram identificados pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (Lacen-SC) e confirmados por sequenciamento genômico realizado pelo Laboratório de Referência Nacional para Santa Catarina, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-RJ).

Dos 58 casos identificados pelo LACEN, 35 foram confirmados e 23 ainda aguardam sequenciamento pela FIOCRUZ/RJ. Além desses, o Laboratório de Bioinformática da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) identificou mais 3 casos da variante Ômicron via sequenciamento genômico em Joinville (2) e Florianópolis (1).

Considerando que o Estado já tinha confirmado três casos até 27 de dezembro, Santa Catarina confirma o total de 41 casos da variante Ômicron, sendo um residente em Maringá (PR) e 40 em Santa Catarina.

Os municípios com registros são*: Balneário Camboriú (1), Biguaçu (2), Camboriú (1), Florianópolis (29), Jaraguá do Sul (1), Palhoça (2), Santo Amaro da Imperatriz (1), São Francisco do Sul (1) e São José (2).

Em relação aos casos sugestivos identificados pelo Lacen, além dos 23 casos que aguardam sequenciamento pela Fiocruz/RJ, outros 129 casos foram identificados, elevando o número de casos sugestivos da variante Ômicron para 152. Os casos novos serão encaminhados para a Fiocruz para realização de sequenciamento.

O que é a transmissão comunitária?

A confirmação da transmissão comunitária acontece quando a investigação epidemiológica não consegue identificar a origem da infecção. Isso indica que a variante está circulando em Santa Catarina e a transmissão ocorre independentemente das pessoas terem viajado ou terem tido contato com outras pessoas que viajaram recentemente para locais fora do Estado com transmissão da variante Ômicron.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...