Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
Portos gaúchos encerram 2021 com recorde de movimentação de cargas
Volume ultrapassou 47 milhões de toneladas e superou em quase 20% o total do ano anterior
Ascom Selt e Ascom Portos RS
por  Ascom Selt e Ascom Portos RS
10/01/2022 17:23 – atualizado há 8 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Os portos de Rio Grande, Pelotas e Porto Alegre chegaram ao final de 2021 com uma marca histórica. Pela primeira vez, os complexos portuários administrados pelo Estado alcançaram o volume de 47,6 milhões de cargas movimentadas no período de um ano.

Somente no Porto do Rio Grande, foram movimentadas 45,18 milhões de toneladas, volume inédito em 106 anos de história - Foto: Rodrigo de Aguiar/Portos RS

A variação é de 19,37% em relação a 2020. O superintendente da Portos RS, Fernando Estima, apresentou o balanço nesta segunda-feira (10/1) ao governador Eduardo Leite e ao secretário de Logística e Transportes em exercício, Luiz Gustavo de Souza.

Somente no Porto do Rio Grande, os números chegaram a 45,18 milhões de toneladas – volume inédito em 106 anos de história. Entre os destaques estão o milho, com alta de 126,49%; a madeira, com variação de 84,51%; e a soja em grão, com movimentação 38,57% maior em comparação ao mesmo período de 2020. Outros produtos, como ureia e farelo de soja, apresentaram altas de mais de 20%.

As exportações no porto rio-grandino registraram crescimento de 21,55% em 2021. Os embarques de frango congelado ao exterior superaram em 577,68% o volume de 2020. Na sequência, as maiores altas ficaram com a madeira (116%), trigo (63,51%) e soja em grão (38,23%). O principal mercado foi a China, que recebeu 56,32% das cargas.

O Porto de Pelotas movimentou 1,3 milhão de toneladas em 2021, aumento de 33,89% em relação a 2020. As toras de madeira, mais uma vez, foram o principal produto, com 1 milhão de toneladas. Em segundo lugar ficou o clínquer, com 231.450 toneladas. A soja em grão somou 60 mil toneladas.

Os números apresentaram evolução, também, em Porto Alegre: foram movimentadas 1,1 milhão de toneladas, variação de 35,86% em comparação a 2020. Os destaques foram os fertilizantes, com 731,1 mil toneladas, seguido pela cevada, com 147,5 mil toneladas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...