Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Barco naufraga e deixa duas pessoas mortas e uma desaparecida em Laguna
Embarcação de passeio virou com seis pessoas a bordo; bombeiros seguem em buscas por um ocupante
NSCTotal
por  NSCTotal
14/01/2022 22:53 – atualizado há 4 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Duas pessoas morreram e uma está desaparecida depois do naufrágio de um barco na tarde desta sexta-feira (14), em Laguna, no Sul do Estado.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a embarcação tinha seis pessoas a bordo e virou perto da região dos Molhes da Barra. A equipe foi acionada às 15h.

Das seis vítimas, três foram encontradas agarradas à embarcação e resgatadas com vida.

Além desses três ocupantes, outras duas pessoas foram localizadas a cerca de 300 metros do barco. Elas estavam em “elevado grau de afogamento”, segundo os bombeiros, e foram levadas até o trapiche para receberem atendimento, mas não resistiram e morreram.

Uma pessoa ainda está desaparecida. Os bombeiros seguiam até o fim da tarde em buscas com uso de barcos e moto aquática.

Vereador de Caçador é um dos mortos em naufrágio em Laguna

O vereador de Caçador, Ricardo de Moraes Barbosa, de 48 anos, e seu amigo Deivid Fernandes, de 29,são as duas vítimas fatais. A informação foi confirmada pelo Instituto Geral de Perígias (IGP).

Foto: Câmara de Vereadores de Caçador/Divulgação

Ricardo e Deivid estavam em “elevado grau de afogamento”, segundo os bombeiros, e foram levadas até o trapiche para receber atendimento, mas não resistiram e acabaram morrendo.

Em nota, a Câmara Municipal de Caçador, no Meio-Oeste, manifestou "profundo pesar" pela morte de Ricardo. O texto informa que ele passava férias com familiares e amigos no Sul de SC e o descreve como "empresário, liderança política e comunitária destacável, cidadão comprometido com as demandas de Caçador".

"Rogamos a Deus que dê força e console os familiares e amigos que hoje choram suas partidas", encerra a nota da Câmara.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
você pode gostar...