Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Polícia encontra QG de quadrilha com carros de luxo blindados, explosivos e arsenal
Três homens foram presos na operação da Polícia Civil em Araquari, no Litoral Norte de SC. Suspeita que grupo cometeria roubo à banco ou carro forte na região.
NSCTotal
por  NSCTotal
24/01/2022 22:08 – atualizado há 2 meses
Continua depois da publicidadePublicidade

Três homens foram presos com carros de luxo blindados, explosivos e um arsenal em Araquari, no Norte de SC. A operação foi realizada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC), da Polícia Civil de Joinville, na tarde desta segunda-feira (24). A informação é do jornal Diário Catarinense.

DivulgaçãoPC/SC

A investigação começou no fim do ano passado após a Polícia Civil receber informações de que uma explosão à banco ou carro forte aconteceria na região de Joinville. Os policiais descobriram um galpão às margens da BR-101, em Araquari, que poderia ser utilizado por uma organização criminosa que atua em todo o Brasil.

DivulgaçãoPC/SC

Segundo o delegado Murillo Batalha, a abordagem da polícia aconteceu após os três suspeitos serem flagrados carregando alguns objetos no galpão. Ele conta que foram encontrados seis carros de luxo blindados roubados, três fuzis, uma pistola, munição, colete e capacete balístico, além de explosivos.

DivulgaçãoPC/SC

- Pelas nossas investigações, o crime aconteceria nesta noite (de segunda-feira) ou de terça para quarta-feira, muito provavelmente em Joinville ou em alguma cidade próxima. Com essa ação da DIC de Joinville, conseguimos evitar esse crime - afirma Batalha.

DivulgaçãoPC/SC

O delegado conta que os suspeitos são naturais de outros estados e já têm antecedentes por crimes relacionados à explosão de agências bancárias.


Participação em mega-assaltos

Segundo Batalha, um dos homens teria participação no assalto à três bancos em Araçatuba (SP), que contou com a participação de mais de 20 criminosos em agosto de 2021. Ele estava com um mandado de prisão em aberto pelo crime em São Paulo.

- Também estamos compartilhando informações com os policiais que investigaram o caso (do mega-assalto) em Criciúma. A Polícia Civil conseguiu prender mais de 16 pessoas, mas há possibilidade desses três presos em Araquari estarem envolvidos nessa ação - conta o delegado.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE