Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
PCdoB Erechim indica Angela Trierveiler como pré-candidata a deputada federal
Com a experiência de ter concorrido a vereadora no pleito municipal de 2020, Angela atualmente é suplente da titular Sandra Picoli, tendo assumido uma cadeira no Poder Legislativo erechinense em três oportunidades em 2021.
Assessoria
por  Assessoria
11/04/2022 13:47 – atualizado há 52 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Com o objetivo de propor uma alternativa ao debate sobre a necessidade de representatividade de Erechim e da região no cenário político nacional, o Comitê Municipal do PCdoB se reuniu na última semana e, em consenso, indicou a professora Angela Trierveiler como pré-candidata a deputada federal, visando à próxima eleição, que será realizada em outubro.

Professora da rede estadual de ensino na área de Linguagens, Angela é graduada em Letras e pós-graduada em Produção Textual – ambos os cursos realizados na Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) –, e leciona língua portuguesa e língua inglesa. Atua nos ensinos fundamental e médio há 22 anos, e integra a diretoria do 15º Núcleo do CPERS Sindicato.

Com a experiência de ter concorrido a vereadora no pleito municipal de 2020, Angela atualmente é suplente da titular Sandra Picoli, tendo assumido uma cadeira no Poder Legislativo erechinense em três oportunidades em 2021. Segundo o presidente do PCdoB Erechim, Daniel Pokojeski, a professora tem totais condições de representar o município e o Alto Uruguai. “Ela é comprometida com um projeto maior, que tem como objetivo trabalhar políticas públicas que atendam às demandas da população de nossa região, que carece de representantes que compreendam suas reais necessidades. Em suas passagens pela Câmara de Vereadores, sempre demonstrou seriedade e comprometimento com causas importantes”, pontua.

Ao apresentar uma candidatura feminina e da área da Educação, o partido reforça suas bandeiras em defesa de segmentos da sociedade muitas vezes ignorados pelo poder público. De acordo com o Comitê Municipal, o nome de Angela inspira luta e confiabilidade. “Luta, por ser de uma categoria rechaçada por governos e por ser mulher, conhecedora das reivindicações femininas. Confiabilidade, porque se trata de uma educadora, tem ética e postura”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE