Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Motorista que matou policial em SC pode estar no RS
Eduardo Coimbra é o suspeito de estar dirigindo o carro que atropelou e matou o policial militar rodoviário em Massaranduba no domingo, dia 24.
NDMais
por  NDMais
28/04/2022 19:56 – atualizado há 52 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O motorista que atropelou e matou o policial militar rodoviário Alexandre Maciel, de Blumenau, segue foragido e a polícia continua a caçada.

O suspeito pelo crime é Eduardo Coimbra, de 26 anos, condenado por diversos crimes e considerado foragido do Presídio Regional de Blumenau. Ele deixou a prisão no dia 17 de março deste ano em saída temporária concedida pelo Poder Judiciário e não retornou.

“Estamos mantendo um policiamento no local (Massaranduba), mas não mais com o mesmo efetivo. Seguimos no monitoramento de forma diferenciada agora, passando também para Blumenau, onde ele pode ter retornado”, afirmou o coronel Reisdorfer.

O crime ocorreu no domingo, dia 24. Desde então, a Polícia Militar está nas ruas, na mata, batendo de casa em casa e vasculhando todos os terrenos e áreas em busca do suspeito.

“Pelo passar dos dias, a possibilidade de ele não estar mais em Massaranduba é grande. Por isso, a Polícia Militar está de vigilância em outras partes do Estado e até no RS, finalizou o coronel Reisdorfer.

O serviço de inteligência da PM também está empenhado na caçada ao suspeito Eduardo Coimbra.

O policial militar rodoviário Alexandre Maciel tinha 40 anos, era casado e tinha dois filhos, de 13 e 22 anos. Há 10 anos atuava no posto da PMRv na Itoupava Central, em Blumenau.

Era querido e admirado pelos colegas. “Sempre prestativo, disposto a ajudar a sociedade, adorava dar palestras e atuava sempre com muita responsabilidade”, destacou o sargento Ademir de Almeida dos Santos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE