Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segurança
Chuva provoca temor aos usuários da RS 135
A rodovia tem trechos com deficiências na sinalização e na conservação da pista e isso tem contribuído para a ocorrência de acidentes de trânsito, a maioria com vítimas.
Redação
por  Redação
02/05/2022 19:39 – atualizado há 7 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Quando começa chover na região do Alto Uruguai gaúcho, várias ações das forças de segurança começam juntas: bombeiros fazem nova revisão dos equipamentos de desencarceramento, checagem do caminhão ABTR - Auto Bomba Tanque e Resgate e da ambulância, que faz parte do trem de socorro em acidentes. Os policiais do Comando Rodoviário atentam para o telefone de emergência, porque ele pode tocar a qualquer momento relatando mais uma tragédia na RS 135.

A rodovia liga Erechim a Passo Fundo, passa por Erebango, Getúlio Vargas, Estação, Sertão, Coxilha e chega a Passo Fundo, pedagiada pela EGR - Empresa Gaúcha de Rodovias, e por onde passam todos os dias cerca de 13 mil veículos. A estrada tem trechos com buracos, falta de sinalização, obras sem a sinalização adequada, falta de acostamento, entre outros problemas para um trânsito seguro de veículos. Os acidentes são frequentes e na maioria deles com sequelas.

O morador de um sítio nas margens da rodovia, no trecho das “curvas do S”, em Erebango, relata as noites de preocupações, os inúmeros socorroS que presta e até uma coletânea de peças de veículos, deixados na pista em frente a sua propriedade. Preste atenção no que diz o morador, popularmente conhecido como “Preto do SAMU”.

Os relatos de moradores das margens da rodovia são tantos que nos poucos minutos que a equipe do AU permaneceu no local, outros vieram para contar histórias, todas elas relacionadas a conservação da rodovia e a prestação de solidariedade e socorro aos usuários, principalmente no período noturno e em dias chuvosos.

O agricultor João Mendes, que já foi homenageado pela Polícia Rodoviária Estadual, pelos inúmeros serviços de socorro prestados no auxílio aos usuários da rodovia, faz um relato emocionado, cobrando da estatal do governo gaúcho EGR – Empresa Gaúcha de Rodovias, providências urgentes. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE