Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Ricardo Duarte/Inter
Esporte
Inter encara o Guaireña na Sul-Americana
Inter está em segundo lugar na tabela, mas alcançará a liderança, passando o próprio Guaireña, em caso de vitória nesta quinta-feira.
Correio do Povo
por  Correio do Povo
05/05/2022 10:12 – atualizado há 39 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

O time colorado está em Assunção, capital do Paraguai, onde precisa vencer o Guaireña, no estádio Defensores Del Chaco, para dar um passo decisivo e praticamente irreversível rumo à classificação para as oitavas de final do torneio. Se perder, complicará muito a sua vida.

O Grupo E está equilibrado, principalmente após a vitória do 9 de Octubre, na noite de terça-feira, sobre o Independiente Medellín, por 3 a 2, no Equador. O Inter, que empatou dois dos seus três jogos, todos antes da chegada de Mano Menezes ao clube, está em segundo lugar na tabela, mas alcançará a liderança, passando o próprio Guaireña, em caso de vitória nesta quinta-feira.

O técnico colorado, mais uma vez, deve mexer na equipe, seguindo a estratégia de revezar alguns jogadores que, por um lado, mantém todos em forma e acirra a saudável concorrência e, por outro, poupa os mais desgastados para os próximos compromissos – domingo, o Inter segue a sua trajetória no Campeonato Brasileiro enfrentando o Juventude, em Caxias do Sul.

Mano não deu maiores indícios de seus planos nos treinos que realizou desde o empate sem gols com o Avaí, domingo, mas pode repetir a formação de meio-campo que funcionou na Colômbia (vitória sobre o Independiente por 1 a 0) com Gabriel e Rodrigo Dourado. Outra alternativa ainda é poupar o segundo, que vem sendo titular em praticamente todos os compromissos do time. Nesse caso, Dourado ganharia mais uma chance entre os titulares. No setor ofensivo, Alemão deve ser mantido, mas seus companheiros estão indefinidos. Maurício, Wanderson e Carlos de Pena devem começar, mas uma surpresa não pode ser descartada.

Taison, que voltou a sentir problemas musculares, ficou em Porto Alegre. Ele sentiu a coxa esquerda e nem sequer acompanhou a delegação ao Paraguai. Outros desfalques são Rodrigo Moledo, que para por até seis semanas, também lesionado, Pedro Henrique e Alan Patrick, que não estão inscritos na Copa Sul-Americana. Ambos, porém, devem ficar à disposição do técnico no domingo. Moisés, por sua vez, está no grupo, mas deve ficar no banco de reservas.

Na zaga, a permanência de Bruno Méndez é certa, mas seu parceiro está em aberto. A princípio, deve ser Vitão, mas as últimas atuações de Gabriel Mercado agradaram Mano Menezes.

O confronto está marcado para esta quinta-feira (05), às 19h15, no estádio Defensores Del Chaco, pela quarta rodada da competição continental.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE