Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Economia
Auxílio Brasil: 8 milhões de beneficiários terão que atualizar cadastro
Prazo termina em julho para famílias incluídas na averiguação cadastral.
Rádio Guaiba
por  Rádio Guaiba
12/05/2022 20:42 – atualizado há 36 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Os beneficiários do Auxílio Brasil vão ter de atualizar as informações no CadÚnico (Cadastro Único do governo federal) para continuar a receber o pagamento. Ao todo, 8 milhões de pessoas precisarão fazer a averiguação ou revisão cadastral de 2022, entre beneficiários do Auxílio Brasil, da Tarifa Social de Energia Elétrica e do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Atualmente, o Auxílio Brasil é pago a 18 milhões de famílias, que recebem parcelas mensais de R$ 400.

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

As famílias beneficiárias do auxílio ou da tarifa social que possuem dados inconsistentes e foram incluídas na averiguação cadastral terão até julho para atualizar os dados e evitar o cancelamento do benefício. Já as famílias da revisão cadastral, com informações desatualizadas, terão prazo para regularizar os registros até dezembro.

“O objetivo do Ministério da Cidadania é garantir o Cadastro Único como porta de entrada para que as famílias acessem benefícios sociais que promovam a transformação de suas vidas. Por isso, é fundamental que elas mantenham o cadastro atualizado, para que continuem recebendo os benefícios sociais, como o Auxílio Brasil”, ressalta o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento.

Famílias inscritas no Cadastro Único devem atualizar as informações a cada dois anos, ou sempre que houver alguma alteração, seja na composição familiar, no endereço ou na situação de trabalho e renda dos integrantes.

Com os impactos da pandemia de Covid-19, o Ministério da Cidadania escalonou o processo de revisão cadastral. Neste ano, apenas as famílias com cadastros que foram atualizados pela última vez em 2016 ou 2017 serão convocadas para atualizar os dados no Cadastro Único. As famílias que atualizaram dados pela última vez em 2018 ou 2019 serão convocadas em outro momento.

Como fazer


O aplicativo do Cadastro Único é uma das ferramentas para que as famílias cadastradas possam conferir se o cadastro está atualizado. Além disso, as famílias beneficiárias do Auxílio Brasil receberão mensagens no extrato de pagamento do benefício e pelo aplicativo do programa. Já os beneficiários da tarifa social podem receber comunicados por mensagem na conta de energia elétrica.

Caso não tenha ocorrido nenhuma alteração nas informações prestadas na última entrevista, a família beneficiária pode também fazer a atualização dos dados por confirmação pelo aplicativo do Cadastro Único. Porém, se for preciso alterar algum dado, é necessário comparecer a um posto de cadastramento para uma nova entrevista de atualização cadastral.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE