Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Saúde
Secretaria da Saúde recomenda ampliação da vacinação contra a gripe para todas idades
Doses agora disponíveis para a população em geral compreendem a quantidade que não foi utilizada pelos grupos prioritários
Ascom SES
por  Ascom SES
03/06/2022 21:39 – atualizado há 33 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

A Secretaria da Saúde (SES) definiu junto aos municípios que a vacinação contra gripe (influenza) poderá ser aberta a população geral (acima dos 6 meses de idade) a partir de agora. A campanha nacional foi iniciada em abril para os grupos prioritários. No Rio Grande do Sul, até o momento, 1.912.279 de pessoas já se vacinaram contra a doença. A cobertura vacinal entre os grupos que se tinha uma meta de vacinação de 90% (crianças, trabalhadores na saúde, gestantes, puérperas, indígenas, idosos e professores), é ainda inferior a 50%.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

O número de doses para a campanha da gripe é limitado a quantidade do público estimado entre os grupos prioritários, não havendo a previsão no aumento no número recebido pelo Ministério da Saúde. Por isso, as doses agora disponíveis para a população em geral compreendem a quantidade que não foi utilizada pelos grupos prioritários até o momento.

O total da população dos grupos prioritários no Rio Grande do Sul para a campanha deste ano foi estimado em 4,9 milhões de pessoas. Para atender esse público, foram recebidas cerca de 5,1 milhões de doses, das quais cerca de 1,9 milhão já foram registradas no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações como aplicadas.

A definição sobre o prosseguimento da estratégia foi definida nesta sexta-feira (03/06) em conjunto com o Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems/RS).


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE