Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cidade
Municipalização da ERS 211 em pauta na Capital Gaúcha
A municipalização do trecho - localizado entre os bairros Agrícola, Frinape e Três Vendas - representa uma atualização entre as muitas rodovias gaúchas que, com o passar dos anos, tornaram-se áreas urbanas.
Ascom Prefeitura de Erechim
por  Ascom Prefeitura de Erechim
21/06/2022 15:45 – atualizado há 3 dias
Continua depois da publicidadePublicidade

Na manhã desta terça-feira (21) o secretário de Gestão e Governança de Erechim, Edgar Marmentini esteve reunido em Porto Alegre com o chefe de gabinete do secretário de Transportes do Rio Grande do Sul Luiz Gustavo de Souza, Paulo Teixeira, no Departamento Autônomo de Estradas e Rodagem (DAER).

Em pauta, a municipalização da ERS 211 que compreende o trecho urbano em uma extensão de 3,8 quilômetros.

De acordo com o secretário de Gestão e Governança, a municipalização do trecho irá contribuir diretamente para o desenvolvimento da comunidade local, uma vez que o município poderá dar o tratamento correto ao segmento urbano, priorizando a operação do trânsito e as edificações da cidade.

“Juntamente com o DAER e o Governo do Estado, reunimos esforços e vamos conseguir a aprovação do projeto de municipalização da rodovia, condição que resultará em melhorias diárias quanto ao deslocamento dos moradores”, destaca Marmentini.

O secretário de Obras Públicas, Habitação, Segurança e Proteção Social, Mario Rossi, reforça que a municipalização do trecho - localizado entre os bairros Agrícola, Frinape e Três Vendas - representa uma atualização entre as muitas rodovias gaúchas que, com o passar dos anos, tornaram-se áreas urbanas.

"Para que as intervenções sejam mais efetivas, é fundamental que sejam administradas pela esfera de governo adequada", explica Mario Rossi. "Por isso, em conjunto com o Governo do Estado, estamos empregando esforços na municipalização deste segmento rodoviário que hoje faz parte da cidade”, finaliza o secretário de Obras.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE