Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Esporte
Grêmio enfrenta o CSA em Maceió
Jogo acontece no Estádio Rei Pelé, válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.
Correio do Povo
por  Correio do Povo
23/06/2022 11:09 – atualizado há 57 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

Em Maceió, o Grêmio enfrenta nesta quinta-feira, às 21h30min, um CSA que precisa se distanciar da zona de rebaixamento. O time alagoano é o último fora do Z-4, em 16º lugar com 14 pontos. Por sua vez, o Tricolor precisa pontuar para se manter na parte de cima da tabela. No G-4, o clube é o quarto com 21 pontos, apenas um a mais que o Sport, em quinto com 20.

No estádio Rei Pelé, o time de Roger Machado também busca melhorar sua marca como visitante. Até aqui, a equipe venceu apenas uma partida fora de casa, na 4ª rodada, contra o Operário, em Ponta Grossa. Em busca da sua segunda vitória longe da Arena, o Grêmio, no entanto, visita um adversário que está invicto em casa. Das seis partidas que disputou como mandante, o CSA venceu duas e empatou quatro. Apesar do desempenho ainda inibido na tabela, o time alagoano conquistou dez dos seus 14 pontos em casa. Os outros quatro são frutos de empates como visitante.

Para se preparar para o confronto, o técnico Roger Machado comandou ontem o último treino antes do jogo, CT Ninho do Galo, do CRB, em Maceió. No trabalho, o treinador teve a oportunidade de ajustar as dúvidas restantes da equipe, que serão esclarecidas na escalação. Na ala esquerda, Nicolas e Diogo Barbosa disputam posição. Por outro lado, a novidade positiva na equipe é a volta do lateral-direito Rodrigo Ferreira, que não atua há mais de um mês.

De volta à equipe titular, o atleta atuará em uma formação diferente da última vez em que a camisa tricolor. Agora em um 3-5-2, o jogador será o ala direito da equipe. Rodrigo afirmou já ter jogado desta forma anteriormente. "Nesse esquema que estamos jogando, os laterais tem mais liberdade. Dentro de um propósito de jogo que o professor vem pedindo, a tendência é que a gente possa apoiar mais no ataque", destacou.

Na zaga, Roger deverá utilizar mais uma vez o jovem Natã para a vaga de Kannemann, já que Rodrigues ficou em Porto Alegre, gripado. No meio, Lucas Silva e Bitello formarão uma dupla inédita de volantes, nas ausências de Thiago Santos e Villasanti. Diego Souza está confirmado no comando do ataque.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE