Receba as notícias mais importantes do dia no WhatsApp. Receba de graça as notícias mais importantes do dia no seu WhatsApp.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Rio Grande do Sul

Vídeo: Enchentes podem provocar aumento de casos de dengue em 2025 no RS

A orientação da enfermeira Eclesan Plahão é para que a população reforce a limpeza de quintais, onde for possível não deixe ficar água parada e ainda amplie o uso de repelentes.

Redação
por  Redação
11/06/2024 15:28 – atualizado há 59 segundos
Continua depois da publicidadePublicidade

As enchentes causadas pelo grande volume de chuvas no Rio Grande do Sul, trouxeram danos imediatos em praticamente todo o estado, mas a médio prazo os prejuízos podem ser mais preocupantes, já que existem grandes possibilidades de em 2025 aumentar o número de casos de dengue nas regiões afetadas pelas enchentes.

Conforme o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde de Erechim, já foram notificados 2.334 casos de dengue, sendo 739 confirmados. Além disso, 510 casos ainda estão em investigação e três pessoas morreram em decorrência do vírus. Em todo o Rio Grande do Sul foram confirmados 233 óbitos. 

De acordo com a enfermeira Eclesan Palhão, a dengue é um problema que precisa ser tratado com atenção mesmo durante os dias mais frios. 

"Como a sobrevivência do ovo do mosquito é longa, eles podem eclodir lá em 2025 e com isso trazer problemas graves", explicou a enfermeira.

A orientação é que a população reforce a limpeza de quintais, onde for possível não deixe ficar água parada e ainda amplie o uso de repelentes.

Confira algumas orientações importantes:

. Eliminação de Águas Paradas

Esvazie e Limpe Recipientes: Vasilhas, baldes, garrafas, pneus, latas e qualquer outro objeto que possa acumular água devem ser esvaziados e limpos.

Mantenha a caixa d'água bem fechada: certifique-se de que a tampa está ajustada corretamente para evitar a entrada de mosquitos.

Limpe calhas e ralos: remova folhas, galhos e outros detritos que possam obstruir e acumular água.

2. Descartar lixo apropriadamente

Recolha e embale o lixo: evite deixar lixo acumulado em sacos plásticos ou recipientes abertos.

Deposite em local apropriado: utilize os serviços de coleta de lixo da sua cidade e evite deixar resíduos espalhados ao redor da sua casa.

3. Tratamento de águas paradas que não podem ser eliminadas

Use cloro ou água sanitária: adicione cloro ou água sanitária em pequenas quantidades em águas paradas, como piscinas que não estão sendo usadas.

Use areia em vasos de plantas: substitua a água dos pratos de vasos de plantas por areia grossa, evitando assim o acúmulo de água.

4. Proteção Pessoal

Use repelente: aplique repelente nas partes do corpo expostas.

Vista roupas apropriadas: use roupas que cubram a maior parte do corpo, especialmente ao amanhecer e ao entardecer, quando os mosquitos são mais ativos.

Instale telas de proteção: utilize telas em janelas e portas para impedir a entrada de mosquitos.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE