SEGURANÇA

  • 30/12/2012 (16:35:00)

  • Repórter: Da Redação

Fuga

Bandidos tem até criança como reféns na Serra

Mais de uma centena de policias estão fazendo uma varredura em matas e lavouras da entre Veranópolis e Cotiporã, na Serra gaúcha

Mais de uma centena de policias estão fazendo uma varredura em matas e lavouras da entre Veranópolis e Cotiporã, na Serra gaúcha.Eles procuram por integrantes da quadrilha que explodiu uma fábrica de jóias, trocou tiros com a PM e na fuga levou sete pessoas como reféns. O chefe do bando, Elisandro Falcão, foi morto no tiroteio durante a madrugada. O governador Tarso Genro conversou com o comando da Brigada Militar e pediu atenção especial da polícia para os reféns. Participam da operação mais de cem policiais dos Batalhões de Operações Especiais de Caxias do Sul, Porto Alegre e Passo Fundo. Os reféns, segundo fontes da polícia, seriam moradores das proximidades da fábrica. Segundo a mesma fonte, cinco reféns são moradores de uma chácara próximo do local e dois residem na cidade de Coriporã. Eles foram levados em dois automóveis, um Audi e um Astra, usado pelos bandidos e depois de um segundo tiroteio, foram inutilizados pela polícia e abandonados pela quadrilha. Os reféns no entanto foram levados e servem como escudo dos bandidos. Uma criança, cuja idade não foi informada, estaria entre eles. FONTE: CIRCUITOMATOGROSSO