SEGURANÇA

  • 02/01/2013 (09:21:00)

  • Repórter: Da Redação

Bandidos escapam a nado de cerco em Cotiporã

Os criminosos que estavam escondidos em uma mata na Serra gaúcha após o assalto a uma fábrica de jóias em Cotiporã conseguiram escapar na madrugada desta quarta-feira

Os criminosos que estavam escondidos em uma mata na Serra gaúcha após o assalto a uma fábrica de jóias em Cotiporã conseguiram escapar na madrugada desta quarta-feira. Em entrevista ao site do Correio do Povo, o subcomandante-geral da Brigada Militar (BM), o coronel Altair de Freitas, revelou que os quatro homens fugiram do cerco a nado, atravessando um rio que fica no interior de Bento Gonçalves, antes de render uma família.  O coronel Freitas explicou que os bandidos utilizaram três veículos na nova fuga da BM. "Em São Vendelino, eles pegaram dois carros, um Chevette e um Escort. Na fuga eles renderam uma família e pegaram um senhor como refém. Depois disso, um pneu do Escort furou e o grupo passou a fugir em apenas um veículo, abandonando o refém", relatou.  No segundo momento, o azar seguiu acompanhando os assaltantes. De acordo com o coronel, o Chevette apresentou uma pane mecânica e os bandidos foram obrigados a utilizar o último recurso: resgate. "Eles chamaram novos comparsas para buscá-los e agora estão seguindo para Porto Alegre em um Nissan", acrescentou. Agentes dos serviços de inteligências estão monitorando os bandidos. O coronel Altair Freitas demonstrou confiança na captura dos assaltantes. "Todos estão identificados e a prisão deles é uma questão de tempo", disse.