ECONOMIA

  • 25/06/2013 (19:49:00)

PIONEIRA

BSBIOS é a primeira usina no Brasil a exportar biodiesel

O dia 25 de junho de 2013 vai ser lembrado como um marco na história, não somente para a BSBIOS, mas para a indústria brasileira de biodiesel

O dia 25 de junho de 2013 vai ser lembrado como um marco na história, não somente para a BSBIOS, mas para a indústria brasileira de biodiesel. Pois, foi nesta data que aconteceu o primeiro carregamento de biodiesel para ser exportado com fins comerciais. Depois de um período de negociações, foi enviada para o Porto de Rotterdam, na Holanda, a primeira carga do produto com 22 toneladas de biodiesel.

O  Presidente da BSBIOS Erasmo Carlos Battistella destaca que esse é um grande passo para abertura de mercado. “Muitos entraves, principalmente, tributários e custo Brasil que atrapalham as negociações com o mercado europeu. Mas esse é um avanço fundamental que precisamos fazer para demonstrar que o Brasil também pode ser exportador de biodiesel,” pontou o empresário.

Desde 6 de março de 2008, que foi quando a BSBIOS tornou-se a primeira empresa no Brasil a receber autorização da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis - ANP para exportar biodiesel, a companhia aguardava o momento de concretizar essa meta. “A BSBIOS sempre fez esforços para formalizar parcerias para exportar o biocombustível,” afirmou Battistella.

O diretor de operações da companhia Gabriel Machado complementa afirmando que o preço e qualidade do produto são fundamentais para conquistar novas fronteiras. “Essa foi somente uma primeira gota de biodiesel, queremos conquistar novos mercados,” frisou Machado.

BSBIOS

A BSBIOS, formada da união paritária entre BSPAR e Petrobras Biocombustível, possui matriz em Passo Fundo (RS) e filial em Marialva (PR), produz aproximadamente 343 milhões de litros de biodiesel/ano. A planta industrial gaúcha também conta uma Unidade de Processamento de Grãos, que consome em média 850 mil ton de soja/ano. A companhia ainda conta com 18 unidades de recebimento de grãos, localizados no norte do Rio Grande do Sul. Ao todo, emprega aproximadamente 600 colaboradores.