GENTE

  • 03/04/2017 (08:13:29)

  • Repórter: Assessoria/Diocese

  • Fotógrafo: Divulgação

Almirante tamandaré do Sul

Corpo de padre erechinense é sepultado em sua terra natal

Depois da missa, tradicionalistas da cidade enalteceram o amor pela tradição gaúcha do Pe. Ivo, que sempre participou dos “gaitaços” promovidos pelo município. Convidaram os presentes a acompanhá-los a cantar a primeira estrofe do canto “Querência amada”.


Para estudar no Seminário de Tapera Pe. Ivo Antonio Moehlecke saiu ainda pequeno de sua família residente em Almirante Tamandaré. Para continuar seus estudos de formação sacerdotal em no Seminário de Erechim e Viamão saia e retornava periodicamente nas férias. Como padre, muitas vezes retornava à sua terra para celebrar momentos marcantes de seus familiares. Neste domingo, ele retornou definitivamente à sua terra, onde foi sepultado, por desejo dele, ao lado de outro irmão, Nicodemos, que também fora padre.

Antes do sepultamento, houve missa na igreja São João Batista, presidida por Dom José e concelebrada por três padres de Erechim, Cleocir Bonetti, Clair Favreto e Antonio Valentini Neto, pelo Pe. Avelino Pinzetta, pároco da paróquia São José de Carazinho, à qual pertence aquela comunidade, pelo coordenador de pastoral da Arquidiocese de Passo Fundo, Pe. Arnildo Frtizen, com a participação do Diácono Tiago André Guimarães, de Carazinho.