GENTE

  • 25/02/2018 (19:35:50)

  • Repórter: O Globo

  • Fotógrafo: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Endividado

Romário teria ocultado patrimônio milionário para driblar credores; senador nega

Senador e suas empresas têm dívidas de, ao menos, R$ 36,7 milhões com a União e pessoas físicas e jurídicas

De acordo com reportagem do jornal “O Globo”, o senador Romário (Podemos-RJ) ocultou nos últimos anos uma parcela milionária do seu patrimônio para evitar o pagamento de dívidas reconhecidas pela Justiça. O ex-jogador nega e diz que está tudo de acordo com a legalidade.

Dois apartamentos localizados na Zona Oeste do Rio de Janeiro já foram identificados em juízo e serão usados para quitar parte da dívida de Romário. Uma casa na mesma região e um carro podem ter o mesmo destino em breve.

No total, os bens, que estiveram registrados oficialmente em nomes de parceiros ou ainda estão nessa situação, totalizariam R$ 9,6 milhões. Enquanto isso, o senador e suas empresas são cobrados por, ao menos, R$ 36,7 milhões em dívidas com a União, com outras empresas e com pessoas físicas.

“O expediente é tal flagrante que não pode ser ignorado. Não é preciso maior dilação para se concluir pela ocultação de patrimônio para fraudar credores”, disse Érica de Paula Rodrigues da Cunha, juíza da 4.ª Vara Cível da Barra.

Por meio de suas redes sociais, Romário se manifestou sobre o tema. O ex-jogador se defendeu, disse que age de acordo com a legalidade e acusou o jornal de publicar de maneira política, já que ele pode lançar candidatura ao cargo de governador do Rio de Janeiro.