SAÚDE

  • 16/05/2018 (17:08:58)

  • Repórter: Rádio Guaíba

Toxoplasmose

Confirmadas duas mortes fetais em Santa Maria

Mais três óbitos suspeitos seguem sob investigação

Coletiva de imprensa reuniu autoridades da saúde e representantes do MPF. | Imagem: Reprodução

Autoridades de saúde estaduais e do município de Santa Maria confirmaram, hoje, em entrevista coletiva, que pelo menos duas mortes fetais registradas na cidade tiveram como causa o surto de toxoplasmose, detectado na metade de abril. Já o Ministério Público Federal, que emprestou a sede para a coletiva, divulgou ter aberto um procedimento administrativo para investigar as medidas utilizadas pela Prefeitura para combater o surto, após infectologistas do município terem emitido uma nota técnica (veja a íntegra abaixo).

A médica infectologista Jane Costa afirmou que Santa Maria registra, ainda, mais três óbitos fetais com suspeita de toxoplasmose sob investigação. Além disso, ela frisou que um informativo repassado hoje aos moradores esclarece que o tempo de fervura da água necessário para matar o protozoário toxoplasma gondii, causador da doença, é de um minuto, e não de dez, como se dizia até então.