SAÚDE

  • 16/05/2018 (18:09:50)

  • Repórter: Assessoria

  • Fotógrafo: Divulgação

Cruzaltense

Unidade Básica de Saúde disponibiliza Auriculoterapia

A auriculoterapia age sobre os pontos em desequilíbrio no organismo e é especialmente indicada para melhorar quadros de ansiedade, depressão e dores crônicas.

Uma técnica segura, não invasiva e que não possui nenhum efeito colateral. Assim é definida a auriculoterapia, que consiste em usar pontos na pele da aurícula (ouvido externo) para diagnosticar e tratar dor e condições médicas do corpo. Em Cruzaltense, a medicina auricular é oferecida como complemento em diversos tratamentos e é colocada à disposição da população gratuitamente pelo serviço público de saúde. A fisioterapeuta Keli Barbieri, é a responsável pela implantação deste serviço pioneiro na região. Ela afirma que a auriculoterapia age sobre os pontos em desequilíbrio no organismo e é especialmente indicada para melhorar quadros de ansiedade, depressão e dores crônicas. “A técnica é indicada a partir de uma avaliação e o paciente não abandona o tratamento convencional, já que a auriculoterapia faz parte das praticas integrativas e complementares de saúde”, informa.

A técnica faz parte da tradicional medicina chinesa e está baseada no fato do ouvido ser um micro-mapa do corpo inteiro, com todas as partes representadas. Assim, todas as partes do corpo podem ser avaliadas e tratadas através do ouvido externo. “Está comprovado cientificamente que a auriculoterapia é frequentemente efetiva quando outros tratamentos falharam, especialmente no tratamento de ansiedade e dores crônicas. O tratamento ganha espaço justamente pelos resultados que são alcançados”, diz a fisioterapeuta.

A aposentada Nailda Loureiro conheceu a técnica num município vizinho, onde era aplicada por um profissional que vinha de Chapecó. Ela garante que a auriculoterapia ajuda no tratamento da ansiedade, depressão, dores na coluna e gastrite. Apesar de continuar tendo acompanhamento médico e tomando medicamentos ela considera que “é um complemento que ajuda muito. Quando faço o tratamento tenho mais disposição e menos dor”.

Se você tem interesse pela terapia, ou quer mais informações sobre as indicações e a duração do tratamento, informe-se na Unidade Básica de Saúde.