CIDADE

  • 11/01/2019 (13:21:06)

  • Da Redação

  • Repórter: Guaiba

Enchente no Rio Grande do Sul

Número de famílias atingidas pelas chuvas aumenta e RS registra mais de 1,6 mil pessoas fora de casa

Dez cidades já registraram estragos em função dos temporais

O novo boletim da Defesa Civil Estadual divulgado, na manhã desta sexta-feira, aponta aumento no número de cidades atingidas, pessoas desabrigadas e desalojadas em função das chuvas que atingem o Rio Grande do Sul. Conforme atualização, dez cidades contabilizaram estragos em função dos temporais, duas a mais do que o quadro apresentado nesta quinta-feira. Em relação a pessoas fora de casa, subiu de 279 para 1.208 o número de desalojadas e de 234 para 399 o de desabrigadas.

As cidades que registram estragos até o momento são: Alegrete, Bagé, Dom Pedrito, Jaguari, Pedro Osório, Quaraí, São Borja, São Gabriel, São Francisco de Assis e Uruguaiana.

No Alegrete, o quadro é grave. A enxurrada no rio Ibirapuitã causou um óbito, além de queda de árvores e bloqueio de rodovias. Somente no Alegrete são 508 pessoas desalojadas e outras 345 desabrigadas. Em São Gabriel, a cheia do rio Vacacaí deixa 588 pessoas desalojadas.

A Defesa Civil segue com o acompanhamento das Coordenadorias Regionais em conjunto com os municípios, oferecendo toda ajuda necessária às localidades atingidas. Qualquer informação ou pedido de auxilio pode ser encaminhado através do telefone 199.