AGRICULTURA

  • 16/01/2019 (19:08:32)

  • Repórter: Secom/Piratini

  • Fotógrafo: Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Agricultura

Avicultura, milho e febre aftosa são temas de encontro entre Leite e representantes do setor

Principal atividade econômica de pelo menos 240 municípios gaúchos, a avicultura foi uma das pautas discutidas pelo governador Eduardo Leite e pelo ex-ministro da Agricultura e presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra, na tarde desta quarta-feira (16), no Palácio Piratini.

Acompanhado de representantes da Associação Gaúcha de Avicultura (Asgav), do Sindicato das Indústrias de Produtos Suínos do Rio Grande do Sul (Sips) e do Sindicato da Indústria dos Produtores Avícolas do Estado do Rio Grande do Sul (Sipargs), Turra defendeu maior sintonia no trabalho com o governo estadual, permitido um ambiente de crescimento dos setores. O ex-ministro aproveitou a ocasião para convidar o governador para a abertura do Salão Internacional da Avicultura e Suinocultura, maior evento dos setores no Brasil, a ser realizado no dia 27 de agosto, em São Paulo.

O diretor-presidente da Asgav, Nestor Freiberger, entregou um documento elencando pontos que devem receber atenção a fim de promover o crescimento do setor. Entre os destaques estão políticas de incentivo à produção de milho no estado, manutenção de incentivos fiscais, investimentos e aparelhamentos dos serviços de defesa sanitária, melhores condições de acesso ao Porto do Rio Grande, apoio na prospecção de mercados e de missões internacionais, e programas de modernização industrial.

O governador afirmou que terá consideração com as demandas apresentadas, lembrando que é preciso dar seguimento às iniciativas de desburocratização do Estado, a fim de torná-lo mais eficiente e estruturado.

O processo de irrigação e a vacinação contra a febre aftosa foram questões levantadas pelo presidente do Sips, José Roberto Goulart. O estado de Santa Catarina é uma zona livre de vacina. A intenção do setor é que o RS também seja liberado da obrigação.

O secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, também presente na visita, afirmou que já está em tratativas com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, para discutir demandas do RS. Na semana passada, o secretário esteve com a ministra Tereza Cristina.

A avicultura é responsável pela produção de 3,2 bilhões de unidades de ovos por ano no estado, bem como de 3,5 mil toneladas de ovos para exportação anualmente. O RS consome, por ano, 2,8 milhões de toneladas de milho e 1 milhão de toneladas de farelo de soja. Também gera 44 mil empregos diretos. A avicultura gaúcha, aliás, é a terceira maior do Brasil.

O deputado estadual Sérgio Turra e o diretor executivo da Asgav, José Eduardo dos Santos, acompanharam o grupo. O chefe da Casa Civil, Otamar Vivian, também participou da visita.