SAÚDE

  • 21/02/2019 (06:14:31)

  • Repórter: Gazeta do Povo

Saúde do bebê

Os 5 erros dos pais que levam o bebê a ter uma péssima noite de sono

​Buscar o silêncio total durante o dia, não estabelecer uma rotina e criar péssimas associações acabam resultando em problemas nessa hora

Uma das queixas mais comum entre as mamães é a dificuldade de seus bebês iniciarem o sono e também de mantê-lo. Como a rotina de sono no primeiro ano é variável, não é raro os pais exibirem profundas olheiras ao longo dos primeiros meses.

O primeiro erro é evitar barulhos de dia. Nos três meses iniciais, o bebê não diferencia dia e noite (claro e escuro), então os pais precisam, pelos sons e ações no lar “guiar” o bebê, criando uma rotina. “Muitos pais no início evitam qualquer barulho de dia para não acordar o bebê. Porém, ele é tão importante quanto o silêncio para criar aquela diferenciação”, diz Anelise Mair, otorrinolaringologista pediatra do Hospital IPO.

O segundo erro é associar o sono a alguma atitude. Fazer dormir sempre no carrinho, passeando de carro, mamando ou balançando pode trazer complicações. “O motivo é simples: quando o bebê tiver um pequeno despertar no meio da noite ele não terá como reproduzir sozinho esta situação e precisará dos pais para voltar a dormir”, diz. Mãe que corre sempre que o bebê resmunga ou chora, dando de mamar ou pegando no colo também ajuda a criar essas associações.