EDUCAÇÃO

  • 26/02/2019 (06:34:57)

Educação

​ MEC manda carta a escolas pedindo que filmem alunos cantando hino nacional

Diretores de escolas da Capital confirmam terem recebido aviso com assinatura do ministro da Educação

O Ministério da Educação (MEC) enviou uma carta a escolas de todo o país solicitando que sejam gravados vídeos mostrando estudantes cantando o hino nacional no primeiro dia de retorno às aulas. Além disso, a Pasta pede que o ato seja filmado e solicita que os vídeos sejam enviados diretamente à pasta.

Professores de Porto Alegre também receberam a solicitação através das secretarias. A Secretaria Municipal da Educação confirma que diretores de escola reclamaram do pedido, mas destacou que não se trata de uma demanda do Município e não pretende se manifestar sobre o tema. O ano letivo começa em 13 de março na Capital.

Confira a nota completa:
O Ministério da Educação (MEC) enviou a escolas do país uma carta do ministro da Educação, professor Ricardo Vélez Rodríguez, com um pedido de cumprimento voluntário para que fosse lida no primeiro dia letivo deste ano.

A carta diz o seguinte:
“Brasileiros! Vamos saudar o Brasil dos novos tempos e celebrar a educação responsável e de qualidade a ser desenvolvida na nossa escola pelos professores, em benefício de vocês, alunos, que constituem a nova geração. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos!”.

No e-mail em que a carta foi enviada, pede-se ainda que, após a sua leitura, professores, alunos e demais funcionários da escola fiquem perfilados diante da bandeira do Brasil, se houver na unidade de ensino, e que seja executado o Hino Nacional.

Para os diretores que desejarem atender voluntariamente o pedido do ministro, a mensagem também solicita que um representante da escola filme (com aparelho celular) trechos curtos da leitura da carta e da execução do hino. E que, em seguida, os vídeos sejam encaminhados por e-mail ao MEC (imprensa@mec.gov.br) e à Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República (secom.gabinete@presidencia.gov.br). Os vídeos devem ter até 25 MB e a mensagem de envio deve conter nome da escola, número de alunos, de professores e de funcionários.

A atividade faz parte da política de incentivo à valorização dos símbolos nacionais.
Assessoria de Comunicação Social