SEGURANÇA

  • 04/03/2019 (21:09:06)

  • Repórter: Rádio Guaíba

Briga de facções do tráfico

Polícia Civil investiga ataque a tiros no presídio de São Borja

Cinco pessoas ficaram feridas durante o incidente

A Polícia Civil de São Borja investiga o ataque a tiros, ocorrido na manhã deste domingo, ao prédio do regime semiaberto do estabelecimento penal da cidade. Cinco pessoas ficaram feridas - quatro detentos e um dos atiradores. Os policiais acreditam que uma facção ligada ao tráfico de drogas possa estar por trás do atentado.

Segundo os policiais, a investigação concentra-se em quem seriam os alvos do ataque. Um dos feridos é suspeito de ser uma das pessoas que os atiradores pretendiam matar. A motivação seria a eliminação de rivais no tráfico de drogas na região.

O atentado pegou todos de surpresa. Nas imagens de uma câmera de monitoramento mostra um grupo de detentos sentado no pátio do albergue. Todos, aparentemente, estão calmos e conversando. Momentos depois, um carro branco para em frente ao local e três homens, todos armados, saem do veículo e começam a desferir tiros em direção aos presos. 

Os detentos entraram em pânico, enquanto uns correram para os fundos do pátio, outros se agruparam. Um detento se jogou no chão e tentou se esconder entre a vegetação, que não era muito alta. Um agente penitenciário revidou e acertou um dos atiradores. Logo após, os comparsas do atirador ferido sobem no carro e saem em alta velocidade.