GENTE

  • 11/03/2019 (20:00:00)

  • Repórter: Gaucha/ZH

  • Fotógrafo: Reprodução/Facebook

VÍDEO - Na boca de um gigante

Mergulhador sobrevive após ser engolido por uma baleia na África do Sul

​Rainer Schimpf, de 51 anos, ficou apenas alguns segundos dentro da boca do animal

Um mergulhador sul-africano escapou da morte após ter sido engolido, e depois cuspido, por uma baleia Bryde durante uma filmagem no litoral de Port Elizabeth, na África do Sul, na última semana. A publicação foi feita nesta segunda-feira pelo site de Gaucha/ZH. 

Rainer Schimpf, de 51 anos, teve apenas ferimentos leves e relatou a experiência similar a história bíblica de Jonas:
— Eu estava filmando golfinhos, tubarões, pinguins e aves que se alimentam de sardinhas, quando, das profundezas, uma baleia Bryde surgiu, engolindo tudo em seu caminho. Senti pressão ao redor da minha cintura, e soube imediatamente o que estava acontecendo, - contou à AFP.
Mas a agonia durou pouco tempo: 
— Foi apenas uma questão de segundos antes que a baleia percebesse seu erro e abrisse a boca para me cuspir.

A cena registrada pela mulher de Schimpf e por um fotógrafo já ultrapassou a marca de 1 milhão de visualizações no Youtube. Nas imagens, apenas as pernas do mergulhador estão visíveis, com parte do corpo dentro da boca do cetáceo, que pode chegar a 15 metros de comprimento.
Recuperado do susto,  Schimpf, que também é ativista e organiza mergulhos turísticos, retornou ao mar para retomar as filmagens:
—Verificamos que o equipamento estava ok, que eu não tinha ossos quebrados, que tudo estava no lugar —, disse ele, antes de adicionar com um grande sorriso.  — adrenalina ao máximo, eu não queria perder essa sessão de mergulho, voltei para a água, dessa vez em busca de tubarões.