SEGURANÇA

  • 12/03/2019 (23:08:35)

  • Repórter: NSC

Vargeão

Assalto a cooperativa de crédito no Oeste de SC é o segundo caso em março no Estado

Outro caso ocorreu no dia 1º de março em Mirim Doce, ocasião em que os criminosos também assaltaram uma agência do Banco do Brasil

O assalto a uma cooperativa de crédito nesta terça-feira (12) no município de Vargeão, no Oeste de Santa Catarina, foi o segundo caso registrado neste mês em cidades do interior do Estado. O primeiro foi realizado no dia 1º de março em Mirim Doce, no Vale do Itajaí, ocasião em que os criminosos também assaltaram uma agência do Banco do Brasil.

Os casos, contudo, tem algumas diferenças. No primeiro, o grupo conseguiu fugir com o dinheiro e teve um integrante preso no mesmo dia, outro levado para o presídio alguns dias depois do assalto e dois mortos apenas na última sexta-feira, mais de uma semana após o crime. O trabalho de buscas exigiu que um grupo especializado da Polícia Militar permanecesse seis dias em mata fechada para a perseguição.

Enquanto manteve os reféns, o jovem chegou a fazer um disparo para o alto, que não atingiu ninguém. Houve negociação durante cerca de 2h30min com os policiais, de forma que o autor do assalto acabou preso no local.

Como foram ações distintas e, em ambas, os assaltantes acabaram presos, o comandante da Polícia Militar considera que não há motivo de preocupação para os moradores de pequenas cidades catarinenses. Além disso, afirma que todos os casos, atendimentos e estatísticas são analisados para identificar pontos fortes e oportunidades de melhoria.

— Os dois casos foram mal sucedidos, com agentes presos ou mortos e dinheiro recuperado pois a estrutura regional e Estadual de resposta é que reage com cerco, inteligência e intervenção. Isso ocorreu nos dois casos — destaca o comandante.