SEGURANÇA

  • 04/05/2019 (21:31:30)

  • Repórter: Leandro Vesoloski/Rádio Uirapuru

  • Fotógrafo: Divulgação

​ Em Passo Fundo

Homicídio na COHAB 1 pode ter sido motivado por vingança

Caciamani tem passagens por duplo homicídio em 2017

O homem morto a tiros na Cohab 1 em Passo Fundo na noite deste sábado, 4, pode ter sido assassinado por vingança. Esta deverá ser uma das linhas de investigação da polícia civil.

Gervani Streflig Caciamani de 54 anos possui passagem pela polícia por um duplo homicídio ocorrido em Passo Fundo em 2017.

Na oportunidade Caciamani matou a tiros um aposentado e feriu sua esposa que veio a falecer alguns dias após ter sido alvejada. O crime ocorreu na Avenida Cruzeiro do Sul no bairro Integração.

No dia seguinte ao crime a residência de Gervani Strefling Caciamani foi atingida por disparos de arma de fogo e posteriormente foi queimada.

De acordo com a polícia os responsáveis pelo incêndio criminoso seriam familiares das vítimas.
Temendo novas represálias, o acusado do duplo homicídio teria saído da cidade.

Neste sábado, 4, por volta das 18h30min, Gervani Caciamani e sua esposa Cleusa Telles, foram surpreendidos quando um veículo Ford/Fiesta teria se aproximado do veículo em que as vítimas trafegavam e efetuado diversos disparos em direção ao casal. Caciamani morreu no local. Cleusa Telles foi socorrida pelo SAMU e levada para o hospital de clínicas com ferimentos no braço e na cabeça. A mulher estava consciente no momento do atendimento.

A Brigada Militar, a Polícia Civil e peritos do IGP estiveram no local para procedimentos de praxe.