SAÚDE

  • 08/05/2019 (23:27:50)

  • Da Redação

  • Repórter: Rádio Guaíba

A meta é vacinar 90%

Em 29 dias, campanha da gripe atinge cobertura de 51,5% no RS

Entre as cidades com mais de 50 mil pessoas nos grupos de risco, Gravataí registra o melhor índice, de 72%

Em 29 dias de campanha, o Rio Grande do Sul imunizou 1,9 milhão de pessoas contra a gripe, o que representa 51,5% dos grupos de risco. A meta é vacinar 90%, até 31 de maio.

A região das Missões é que registra a maior cobertura até o momento, de 62%. As 22 cidades que compõem a 14ª Coordenadoria Regional de Saúde, com sede em Santa Rosa, já atingem índice de 65%.

Em 16 das 19 coordenadorias, metade do grupo-alvo já se vacinou. Seguem abaixo de 50% cidades que fazem parte das coordenadorias com sede em Porto Alegre (2ª CRS), Pelotas (3ª CRS) e Santa Cruz do Sul (13ª CRS).

Municípios já atingiram meta

Mesmo que ainda faltem mais de três semanas para o fim da campanha, alguns municípios já alcançaram a meta de 90%. É o caso de São José do Inhacorá, Taquaruçu do Sul, Santa Tereza e Candiota, que apresentam os maiores percentuais de cobertura, nessa ordem. Desses, só Candiota supera 3 mil pessoas nos grupos de risco.

Com mais de 15 mil aptos a procurar os postos de saúde, Taquara é a primeira cidade gaúcha desse porte a imunizar acima de 80%. Naquelas com mais de 50 mil pessoas como alvo, Gravataí é a com melhor registro, com 56 mil doses aplicadas e 72% de cobertura.

Grupos prioritários para vacinação
– Crianças (maiores de seis meses e menores de seis anos)
– Gestantes (em qualquer período de gestação)
– Puérperas (mulheres até 45 dias após o parto)
– Trabalhadores da saúde
– Pessoas com 60 anos ou mais
– Professores
– Policiais, bombeiros e militares
– Doentes crônicos (doenças crônicas respiratórias, cardíacas, renais, neurológicas ou hepáticas, diabetes, imunossupressão, obesidade, transplantados ou pessoas com trissomias)