ECONOMIA

  • 13/05/2019 (09:43:52)

  • Da Redação

  • Repórter: ERIK FARINA/ ZH

Tesoura de Paulo Guedes

Cortes no Sistema S poderiam acabar com 90 mil vagas para capacitação gratuita no RS

Redução orçamentária proposta pelo Ministério da Economia precisa passar pelo Congresso

Depois de passar pelo Ministério da Educação (MEC), eliminando bolsas de estudo e enxugando o orçamento de universidades federais, a tesoura do governo federal mira outro setor importante para a formação profissional no país: o Sistema S — conjunto de instituições privadas administradas por federações e confederações patronais voltadas a treinamento profissional, pesquisa e assistências técnica e social. 

Ao todo, são nove corporações, estabelecidas pela Constituição Federal, cada uma voltada a uma área de atuação, como indústria, comércio, agronegócio e pequenas empresas. São elas: Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Social do Comércio (Sesc), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop), Serviço Social do Transporte (Sest), Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).