CIDADE

  • 29/05/2019 (11:21:49)

  • Repórter: Assessoria

  • Fotógrafo: Divulgação

Começa nesta quinta o reconhecimento das especiais do Rally de Erechim

Atividade marca início da programação da corrida que se desenvolverá neste final de semana

O trabalho de reconhecimento das especiais, que são os trechos em estradas de terra por onde irá passar o Rally de Erechim, começa a ser feito nesta quinta-feira, dia 30. Esta é a parte do trabalho em que piloto e navegador vão para a pista, com carro de passeio, para pontuar todas as situações que encontrarão pela frente na corrida, como curvas, saltos e outros obstáculos.

Este trabalho acontece entre a quinta e sexta, dia 31. Cada dupla pode fazer duas passadas em cada trecho. O navegador erechinense Juliano Gracioli, da equipe Nova Itália RS Rally, pontua que esta tarefa é fundamental para o sucesso na corrida. “Por já termos uma certa experiência em provas de rally, o que buscamos reconhecer, é o tipo de piso, como o carro vai se comportar neste trecho, entender situações parecidas anteriores, como fizemos e como devemos seguir ou não fazendo, para então determinar a graduação de cada anotação”, pondera.

As graduações, normalmente são de 1 a 5, em que o número maior significa poder acelerar mais e vice-versa. No reconhecimento, é o piloto quem repassa informação ao navegador e no dia da corrida, o navegador devolve esta informação ao piloto, para que este tenha confiança em acelerar o máximo possível naquele trecho.

O piloto de Santa Maria, Luciano Cassol, da equipe Raceweb Motorsport, frisa que o reconhecimento pode definir o sucesso ou não na prova. “Um reconhecimento bem feito, garante a segurança que precisamos para acelerar no dia do rally.Uma etapa longa, como será Erechim, a quantidade de eventos que pode surgir numa especial, faz com que precisamos ter concentração máxima nestes dias pré-corrida”, amplia.

Para Sandro Suptitz, da equipe Cascavel Rally, da cidade de Cascavel, no PR, o reconhecimento é algo que vai sendo aprimorado pelas duplas com o passar das provas. “Um bom reconhecimento faz com que a gente possa ter a possibilidade de buscar um bom rendimento na corrida, é preciso analisar cada curva, cada detalhe, onde a troca de ideia entre piloto e navegador também é importante, para que o conjunto saia ganhando”, completa Suptiz.

Programa do Rally de Erechim

Quinta-feira, dia 30 de maio

8h – Início dos reconhecimento das especiais pelos competidores

20h – Largada Promocional (Praça da bandeira, centro de Erechim)

Sexta-feira, dia 31 de maio

8h – Reinício do reconhecimento das especiais pelos competidores

8h10 – Início dos shakedown (treino)/ Qualifying Stage – Linha Gramado/Paulo Bento

14h45 – Coletiva de Imprensa (Sala de Imprensa Internacional)

15h - Qualifying Stage – Escolha da ordem de largada (Sala de Imprensa Internacional)

18h38 – Largada do Super-prime Noturno – SS Sicredi/Eaec

Sábado, dia 1º de junho

8h18 – Largada da Especial São Roque/Kerber Mix 1

8h46 – Largada da Especial Cristalina 1

9h24 – Largada da Especial Vale dos Parreirais/Cavaletti 1

11h37 – Largada da Especial São Roque/Kerber Mix 2

12h05 – Largada da Especial Cristalina 2

12h43 – Largada da Especial Vale dos Parreirais/Cavaletti 2

14h53 – Largada do Super-prime Diurno/SS Sicredi/Eaec

Domingo, dia 2 de junho

8h33 – Largada da Especial Barão de Cotegipe 1

9h11 – Largada da Especial Verdureiros 1

11h09 – Largada da Especial Barão de Cotegipe 2

11h47 – Largada da Especial Verdureiros 2

14h – Premiação (Parque da Accie)