AGRICULTURA

  • 02/06/2019 (09:26:58)

  • Assessoria

  • Repórter: Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar

64 anos valorizando a vida no campo

Ascar, há 64 anos valorizando a vida no campo

A Associação Sulina de Crédito e Assistência Rural (Ascar), referência no Brasil na prestação de serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (Aters), completa 64 anos no próximo domingo (02/06). 

“Desde sua criação, a Ascar e seus extensionistas buscam melhorar as condições de vida das famílias de agricultores, quilombolas, indígenas, assentados e pescadores que vivem em nosso Estado, levando conhecimentos e orientações à família rural”, destaca o presidente da Emater/RS e superintendente geral da Ascar, Geraldo Sandri. 

O dirigente recorda que, com o compromisso de estar presente no cotidiano dos agricultores familiares gaúchos, a partir de 14 de março de 1977, a Ascar passou a atuar com a Associação Riograndense de Empreendimentos de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater/RS), igualmente uma sociedade civil de direito privado, sem fins lucrativos. Desde então, e com a denominação Emater/RS-Ascar, a Instituição tornou-se a representante natural do serviço oficial de Extensão Rural do Estado. 

“Com a Missão de Promover o Desenvolvimento Rural Sustentável no RS, construímos em solo gaúcho uma trajetória de compromisso e dedicação, que somente profissionais como os extensionistas colocam em ação, muitas vezes de forma diuturna”, ressalta o presidente. As orientações técnicas e os conhecimentos são repassados por meio de diversos eventos promovidos pela Emater/RS-Ascar em todo o território gaúcho, como dias de campo, reuniões, seminários, entre outros. 

Experiências e conhecimentos também são transmitidos aos homens e mulheres do campo através de programas de rádio e TV, impressos e pela internet. “Na semana em que a Ascar completa 64 anos, temos muito a agradecer aos profissionais que fizeram e que fazem parte da história da Extensão Rural e Social do Rio Grande do Sul, promovendo a inclusão social e produtiva de milhares de famílias que vivem no meio rural gaúcho”, destaca Sandri, ao citar ainda os agradecimentos às famílias assistidas e aos parceiros, como o Governo do RS que, com suas diversas secretarias, em especial a de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural. 

“Através do apoio do secretário Covatti Filho, qualificamos e renovamos nossa atuação, focados no avanço tecnológico, que vai agilizar e tornar nosso importante trabalho ainda mais eficiente e eficaz”, avalia Sandri.