SEGURANÇA

  • 12/06/2019 (11:48:51)

  • Repórter: Fonte: Gaúcha ZH

Ataque a banco

Assaltantes colocam cadeado em portão de quartel da BM para realizar ataque a banco em São Vicente do Sul

Apesar da estratégia, os criminosos não conseguiram abrir os terminais de autoatendimento porque o dispositivo de segurança foi acionado

Antes de atacar o Banco do Brasil de São Vicente do Sul, na Região Central, na madrugada desta terça-feira (11), uma quadrilha usou uma estratégia incomum. Para tentar impedir a ação da Brigada Militar (BM), os assaltantes teriam colocado um cadeado no portão do quartel. Assim, a viatura não conseguiria sair do local quando os policiais fossem acionados

Apesar da técnica usada pelo grupo, houve apenas uma tentativa de arrombamento. Uma cortina de fumaça, causada por um dispositivo de segurança, impediu a ação. Os ladrões fugiram do local sem levar dinheiro. 

Quando o crime foi descoberto, os PMs que haviam terminado de fazer ronda pela cidade de pouco mais de 8,5 mil habitantes e distante cerca de 85 quilômetros de Santa Maria, foram acionados. Os policiais não conseguiram ir rapidamente até o Banco do Brasil por causa do cadeado. 

Quando chegaram no banco, os ladrões já tinham fugido. Segundo o comando local, o ataque ocorreu logo depois das 3h de terça-feira no autoatendimento da agência. Quando o dispositivo foi acionado, a empresa de segurança, que também tem um sistema de videomonitoramento, constatou a tentativa de roubo e acionou a BM.

 Segundo a BM, ainda não se sabe o número de envolvidos na ação, apenas que chegaram em dois veículos. A Polícia Civil e a perícia foram acionadas. Imagens das câmeras de segurança serão analisadas. Na manhã desta terça, a agência bancária não abriu.