CIDADE

  • 13/06/2019 (21:37:07)

  • Repórter: Agência Brasil

  • Fotógrafo: Marcos Corrêa/Presidência da República

Baixa no governo

General Santos Cruz deixa o governo Bolsonaro

É a primeira baixa da ala militar do governo, a segunda na Secretaria-Geral e a terceira no ministério

O general do Exército Carlos Alberto dos Santos Cruz deixa, nesta quinta-feira, o comando da Secretaria-Geral de Governo da Presidência da República. A saída se definiu no fim da manhã de hoje, em reunião de Santos Cruz com Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto, antes de o presidente embarcar para Belém, onde cumpriu agenda de inauguração de casas populares.

É a primeira baixa da ala militar do governo, a segunda na Secretaria-Geral e a terceira no ministério do presidente Jair Bolsonaro. Em fevereiro, Gustavo Bebbiano, da ala política, acabou exonerado após virem à tona denúncias envolvendo candidaturas-laranjas dentro do PSL mineiro. Em abril, Bolsonaro dispensou Ricardo Vélez Rodriguez do Ministério da Educação, em função de falhas de gestão.

O motivo da saída de Santos Cruz ainda não se esclareceu oficialmente. O general vinha sofrendo ataques do guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho, e críticas dos filhos do presidente.
No início da noite, o porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros, informou que o substituto de Santos Cruz vai ser o general de Exército Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, atual comandante militar do Sudeste. Ramos também atuou como comandante da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti, além de ter sido vice-chefe do Estado-Maior do Exército.