EDUCAÇÃO

  • 02/07/2019 (19:05:06)

  • Repórter: Wagner Lenhardt/Assessoria/UFFS

  • Fotógrafo: Divulgação

Campus Erechim

Acadêmicos de engenharia da UFFS realizam visitas técnicas

Alunos de Engenharia Ambiental e Sanitária conheceram diferentes espaços de atuação profissional em Soledade, Passo Fundo e Erechim

Acadêmicos do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Erechim visitaram, no dia 24 de junho, o Centro Tecnológico de Pedras, Gemas e Joias (CTPedras) e o Parque Científico e Tecnológico da UPF, nos municípios de Soledade e Passo Fundo, acompanhados pelo professor Eduardo Pavan Korf.

Segundo o docente, o objetivo foi conhecer “técnicas de caracterização de materiais quanto à composição química, mineralógica e estudo da microestrutura”.

Foram demonstrados aos alunos os equipamentos que realizam análise de fluorescência de raios-X, difração de raios-X, microtomografia computadorizada de raios-X, microscopia eletrônica de varredura e termogravimetria. “Estas análises são muito importantes, por exemplo, para a caracterização de resíduos e estudos de aplicação e utilização na produção de novos materiais, com alternativa de agregar valor ao resíduo. Os alunos também conheceram as pesquisas realizadas no CTPedras, voltadas ao uso de resíduos do processo de beneficiamento de pedras preciosas para a produção de cerâmica, pavimentos intertravados, etc.”, conta Eduardo.

Participaram da visita os acadêmicos das disciplinas de Ciência e Tecnologia dos Materiais, da 7ª fase do curso.

Outra visita técnica feita pelos futuros engenheiros ocorreu na sexta-feira (28), quando os acadêmicos visitaram, em Erechim, a Associação de Catadores Reciclando Pela Vida, o aterro de resíduos e a estação de triagem e transbordo de resíduos sólidos urbanos. Funcionários terceirizados da prefeitura acompanharam os alunos, além do professor Eduardo.

A visita proporcionou aos acadêmicos conhecer a gestão integrada de resíduos sólidos urbanos que normalmente é praticada nos municípios conforme a Lei 12.305/2010, que estabelece a política nacional de resíduos sólidos.

“Oportunizou-se a visualização do sistema de coleta seletiva e o papel dos catadores de resíduos para o funcionamento do sistema de gestão, bem como as questões sociais envolvidas”, destaca Eduardo. “Ainda foi possível realizar uma atividade na área de transbordo e triagem de resíduos, possibilitando entender os impactos, elementos de projeto, implantação, operação, monitoramento e encerramento - atividades que são de competência e atribuição de egressos do nosso curso.” Participaram desta visita acadêmicos das disciplinas de Gerenciamento e Tratamento de Resíduos Sólidos I.