EDUCAÇÃO

  • 16/07/2019 (12:40:23)

  • Repórter: AL/RS

Os números na educação do RS

Assembleia publica estatísticas sobre a educação no Rio Grande do Sul

Comissão legislativa deve usar dados para promover mudanças no setor

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa lançou, nesta terça-feira, o Observatório da Educação Pública no Rio Grande do Sul. A iniciativa reúne números e gráficos sobre a rede educacional no Estado, cruzando os dados dos últimos dez anos. A pesquisa elenca informações sobre orçamento destinado ao setor, evolução do salário de professores, indicadores de aprendizagem e estatísticas gerais da área.

Entre os números expostos, está o da execução orçamentária da educação. Os valores destinados à área caíram desde 2015, passando de quase R$ 10 bilhões naquele ano para R$ 8,5 bilhões em 2018. A relação entre o piso nacional e o estadual também caiu. Em 2014, o salário mínimo de um professor gaúcho correspondia a 74,2% do piso nacional. Hoje, o número é de 49,3%, menos da metade.

O documento tem 87 páginas e foi promovido pelo grupo presidido pela deputada Sofia Cavedon (PT). A parlamentar destacou que os dados devem servir de base para propostas concretas no Legislativo. “A Assembleia Legislativa vai trabalhar no sentido de alterar esses indicadores, até de mexer em orçamento”, afirmou.

Estiveram presentes no lançamento do Observatório os deputados Sebastião Melo (MDB), Fernando Marroni (PT), Sérgio Peres (PRB), Any Ortiz (PPS) e Issur Koch (PP). Também compareceram ao ato autoridades do Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público de Contas e Secretaria da Educação, etc.