SEGURANÇA

  • 19/07/2019 (00:17:29)

  • Da Redação

Dentro da superintendência da PF

Suspeito em confronto com a PF em Cristal é achado morto na cela

Policiais acreditam que envolvido na ação que deixou duas mulheres mortas se enforcou com ataduras

Foi encontrado morto, na noite desta quinta-feira, o homem que estava preso após entrar em confronto com a Polícia Federal (PF) na cidade de Cristal, no Centro Sul do Rio Grande do Sul. Ele estava detido desde o dia 17 na superintendência da PF em Porto Alegre.

De acordo com a própria polícia, os indícios apontam que Marcos Luis Berghann usou as ataduras de seus curativos para se enforcar na cela que ocupava. Um policial foi levar sua janta, por volta das 19h, e encontrou o corpo do suspeito. Um inquérito será instaurado para apurar as circunstâncias da morte.

Berghann estava custodiado por tentativa de homicídio após entrar em confronto com policiais federais. Ele e outros homens eram monitorados pela PF suspeitos de integrar uma quadrilha de ataque a bancos. Na terça-feira eles romperam duas barreiras policiais em Cristal, e na segunda entraram em confronto com os policiais. Na troca de tiros duas mulheres morreram e uma criança foi baleada