SAÚDE

  • 26/07/2019 (11:19:47)

  • G1

  • Fotógrafo: Divulgação

Subiu para 21 o número de mortos por H1N1 no RS

 Casos mais recentes foram registrados em Panambi, Canoas e Porto Alegre.


Vinte e uma pessoas morreram por gripe no Rio Grande do Sul em 2019, segundo boletim divulgado nesta quinta-feira (25) pela Secretaria da Estadual da Saúde. O levantamento, que leva em conta os registros do ano até o último sábado (20), aponta três vítimas a mais que o da semana anterior.

Os casos mais recentes foram registrados em Panambi, Canoas e Porto Alegre. Os pacientes não eram vacinados. A Capital já registrou outras duas mortes por gripe.

No estado, assim como no Brasil, a predominância, atualmente, é do vírus influenza A H1N1. Do total de mortes por gripe, 15 foram provocadas variação. Outros cinco casos foram por Influenza A H3N2, e um único caso, por Influenza B. Apenas dois tinham sido vacinados.

A maior parte das vítimas tinha mais de 50 anos, mas um bebê de seis meses também morreu por gripe.

Conforme o mesmo boletim divulgado pela SES, em 2018, foram registrados 67 óbitos por gripe no Rio Grande do Sul. A redução neste ano, comparados os períodos, é de 68,6%.